2 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

TO abre Consulta Pública para implantação de usinas fotovoltaicas

Projeto pretende que órgãos públicos estaduais sejam abastecidos com energia solar

Autor: 22 de fevereiro de 2022Brasil
2 minutos de leitura
TO abre Consulta Pública para implantação de usinas fotovoltaicas

Consulta Pública ficará disponível por 30 dias corridos. Foto: Envato Elements

O Governo do Tocantins abriu Consulta Pública para apresentação de estudos de modelagem técnica, econômico-financeira e jurídica para futura licitação para a implantação, operação e manutenção de usinas fotovoltaicas em parte dos órgãos públicos estaduais.

A Consulta Pública ficará disponível por 30 dias corridos a partir desta segunda-feira (21). O projeto prevê a contratação de PPP (Parceria Público-Privada) para atender demanda energética das edificações públicas que compõem a infraestrutura de educação, saúde e demais órgãos e entidades do Executivo.

A participação é aberta a pessoas físicas ou jurídicas que se interessem pelo tema. Os interessados poderão participar analisando os documentos e formulários disponíveis no link. O prazo para envio das contribuições segue até às 23h59 do dia 22 de março de 2022.

Estudo de viabilidade

Após seguir os trâmites até a assinatura do contrato com as prováveis concessionárias, somente neste ano de 2022, o estudo prevê que o Estado do Tocantins receba R$ 157 milhões de investimento da iniciativa privada. Durante a vigência de 25 anos do contrato com a eventual empresa que vencer a licitação, Tocantins alcançará uma economia estimada de R$ 1 bilhão.

Meio ambiente

Com a alteração da matriz energética, Tocantins terá reduzido a emissão de carbono na atmosfera em mais de 2 toneladas ao ano, o equivalente ao gás carbônico absorvido anualmente por 130 mil árvores, disse o Órgão.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.