27 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,82GW

Usina fotovoltaica de 2,2 GW é construída na China

A construção da planta começou em novembro de 2019 e foi concluída em setembro deste ano

Autor: 12 de outubro de 2020outubro 28th, 2020Brasil
Usina fotovoltaica de 2,2 GW é construída na China

A empresa estatal chinesa Huanghe Hydropower Development concluiu a construção de uma usina solar de 2,2 GW na região noroeste da China, em área desértica da província de Qinghai.

Segundo a fabricante Sungrow, que forneceu os inversores para o projeto, a planta fotovoltaica foi construída em cinco fases. No total, foram investidos RMB 15,04 bilhões (aproximadamente US$ 2,2 bilhões).

A usina foi construída com módulos bifaciais monocristalinos e 900 MW de inversores string SG250HX 1.500 V da Sungrow.

Segundo a estatal chinesa, a Sungrow forneceu o sistema de armazenamento de energia altamente integrado de 250 MWh, com design de baixa tensão acoplado a CA (corrente alternada), que pode aumentar a utilização do transformador, garantindo um custo de sistema menor.

A construção da planta começou em novembro de 2019 e foi concluída em setembro deste ano. O sistema de armazenamento foi implantado em quatro meses, de maio a setembro. A instalação venderá energia para a rede local a um preço de RMB 0,34 / kWh.

O complexo está conectado a uma linha de energia de ultra-alta tensão que a State Grid Corp da China está construindo para conectar as partes do extremo noroeste do país às províncias orientais mais densamente povoadas.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.