7 empresas da indústria fotovoltaica buscam padrão no tamanho de wafer

O segredo do sucesso sustentável é a cooperação. Temos que cooperar em prol do bem comum visando o bem do planeta

Sete empresas da indústria fotovoltaica mundial se uniram para estabelecer o novo tamanho padrão da wafer de silício M10 (182 mm x 182 mm). O anúncio foi feito por meio de carta aberta ao mercado fotovoltaico nesta quarta-feira (24).

A carta é assinada pelas fabricantes JA Solar, Jinko Solar, LONGi, Canadian Solar, Jiangsu Runyang Yueda Photovoltaic Technology, Lu’an Solar Technology e Jiangsu Zhongyu Photovoltaic Technology.

De acordo com o movimento, a ausência de um padrão comum fez com que as empresas adotassem wafers de tamanhos variados, resultando em um aumento nos custos de fabricação em toda a cadeia de suprimentos da indústria, incluindo wafers, células, módulos e materiais auxiliares, como vidro.

Visando acelerar o desenvolvimento eficiente e padronizado do setor, as sete fabricantes defendem o estabelecimento de um padrão de wafer de silício – M10 – com um tamanho de 182 mm x 182 mm e sua inclusão nos arquivos de especificação da organização de padrões do setor.

“Estamos confiantes que isso otimizará o uso de recursos e promoverá o contínuo desenvolvimento saudável da indústria fotovoltaica”, declarou a LONGi na carta aberta.

Para Felipe Santos, gerente de vendas para geração distribuída da JA Solar, o acordo firmado pelas empresas destaca a importância da união dos players do mercado fotovoltaico. “O segredo do sucesso sustentável é a cooperação. Temos que cooperar em prol do bem comum visando o bem do planeta e do mercado, oferecendo uma solução mais viável para contribuir com o aumento de escala e com a expansão da energia solar fotovoltaica nas matrizes energéticas”.

Imagem de Ericka Araújo
Ericka Araújo
Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal