93,7% dos municípios brasileiros já contam com energia solar

Número de cidades que possuem sistemas fotovoltaicos teve um salto de 751,5% nos últimos cinco anos

Nove em cada dez cidades brasileiras já possuem energia solar. É o que aponta um levantamento realizado pela reportagem do Canal Solar, com base em dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Dos 5.570 municípios que compõem o território nacional, apenas 350 ainda não contam com nenhum sistema fotovoltaico instalado em seus comércios, indústrias, residências ou demais imóveis.  Já nas demais 5.220 cidades, o recurso já foi implementado, representando 93,7% dos municípios do país.

Nos últimos anos, a fonte solar tem se tornado uma opção cada vez mais comum para empresas e cidadãos, que num cenário de crise econômica e diminuição de renda, vem encontrando na energia fotovoltaica uma alternativa efetiva para a redução de custos.  Segundo dados da ANEEL, entre os dias 12 de fevereiro de 2016 e de 2021, o número de cidades brasileiras com produção de energia solar saltou de 613 para as atuais 5.220, um aumento de 751,5%.

Neste intervalo de cinco anos, a potência instalada de energia solar cresceu mais de 27 vezes: subindo de 17,41 MW para 4.809,54 MW. As cidades de Brasília (DF), Cuiabá (MT) e Uberlândia (MG) são as que contabilizam a maior geração de energia. As localidades contam atualmente com: 64,82 MW; 60,31 MW e 52,75 MW, respectivamente. 

Confira abaixo o crescimento da energia solar no Brasil nos últimos anos: 

Período № de cidades Potência instalada
12 de fev / 2016 613 17,41 MW
12 de fev / 2017 1.334 70,61 MW
12 de fev / 2018 2.153 200,42 MW
12 de fev / 2019 3.465 688,79 MW
12 de fev / 2020 4.758 2.436,84 MW
12 de fev / 2021 5.220 4.809,54 MW

Fonte: ANEEL

Imagem de Henrique Hein
Henrique Hein
Atuou no Correio Popular e na Rádio Trianon. Possui experiência em produção de podcast, programas de rádio, entrevistas e elaboração de reportagens. Acompanha o setor solar desde 2020.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal