‘A venda não acaba quando o sistema é entregue’, diz CEO da Megacomm

Bruno Bonfá discorre sobre a importância do pós-venda no setor de energia solar e as novidades da empresa para o mercado
3 minuto(s) de leitura
Canal Solar ‘A venda não acaba quando o sistema é entregue’, diz CEO da Megacomm
Pós-venda pode ser o sucesso ou o insucesso de uma empresa, afirma Bruno Bonfá. Foto: Envato

“Eu sempre pergunto para o meu time: quantos de vocês ligaram para o instalador e perguntaram se ele teve alguma dificuldade com a nossa estrutura de fixação? Ou se somente estão preocupados se a venda e a entrega do kit foi realizada e partem para o próximo cliente da fila?”.

O relato acima foi dito por Bruno Bonfá, CEO da Megacomm Solar, durante o podcast Papo Solar. Nele, o executivo fez questão de ressaltar que uma venda não acaba quando a entrega de um sistema fotovoltaico é feito junto ao cliente. “Quais são as companhias que estão se diferenciando no mercado? Aquelas que se atentem a isso”, explanou. 

Na visão do executivo, o serviço de pós-venda é um diferencial que pode ser o sucesso ou o insucesso de uma empresa nos dias atuais dependendo de como é valorizado. “Vamos olhar as duas esferas: com relação ao sucesso, se é bem feito leva a algo extremamente importante, a indicação. O canal de indicação vende mais que qualquer tráfego pago”.

“Por outro lado, olha a responsabilidade que você tem no pós-venda. Pensa em uma empresa que já tem cerca de três mil usinas instaladas, por exemplo. Imagina tudo isso com problema? O instalador vai viver para ter pessoas em campo resolvendo o problema? O sucesso de hoje pode ser o problema ali na frente”, comentou Bonfá.

Solar nos últimos meses

Outro ponto abordado no Papo Solar foi como Bonfá enxergou o setor de energia solar nos últimos meses. Para ele, a palavra que define é: desafiador. “Se olharmos todas as projeções desde 2012, vemos um crescimento exponencial. A maravilha do nosso setor é um ticket médio alto. Isso trouxe muito volume, que traz robustez”.

Segundo o executivo, a energia solar jamais se tornou algo inviável para os consumidores brasileiros. “Temos um cenário hoje em que o preço dos equipamentos estão mais barato do que antes”, pontuou.

Bonfá pontuou ainda que a energia é uma commodity mundial que está em escassez e que a energia solar é a fonte a ser explorada. “A evolução da sociedade só faz o consumo de energia subir. Porém, estamos juntos, o Sol está aí para todos. O momento não é fácil, é de reflexão. Vamos ter carinho com o nosso setor. Fazer de qualquer jeito pode ser o veneno do nosso mercado. O segmento precisa avançar como empresa”, ressaltou o CEO. 

Novidades da Megacomm

Por fim, o executivo anunciou durante o Papo Solar que a Megacomm está investindo em um novo centro de treinamento. As obras estão na fase final e o local irá se chamar Universidade Megacomm. 

“Queremos fazer um espaço aberto, onde os meus fornecedores possam palestrar lá, vocês (Canal Solar) se quiserem, possam fazer um evento também. Vou poder formar pessoas que querem entrar no mercado e avançar para cursos específicos de usinas de grande porte”, revelou.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal