AE Solar abrirá fábrica de painéis solares na Turquia

A nova unidade fabril terá capacidade de 1 GW e será inaugurada no fim de abril, em uma joint venture com a Energate Corp
AE Solar abrirá fábrica de painéis solares na Turquia

A fabricante alemã de painéis solares AE Solar vai expandir suas operações com a abertura de uma nova fábrica em Kayseri, na Turquia. A expectativa é que a capacidade de produção da nova instalação ultrapasse 1 GW até o final deste ano.

Na nova unidade fabril serão produzidos módulos com células solares de 166 mm, 182 mm e 210 mm. Segundo a AE Solar, a fábrica será totalmente automatizada para produzir painéis de 5 BB a 12 BB. 

Com o início da operação da nova instalação, previsto para abril deste ano, a fabricante alemã terá uma capacidade anual de mais de 1,5 GW planejada até o final de 2021 na Europa, e sua capacidade produtiva global será de 2,5 GW, considerando sua terceira unidade, localizada na Ásia.

A nova fábrica é uma joint venture entre a AE Solar e a Energate Corp, que tem mais de 15 anos de experiência na indústria de energia e foi fundada por empresários americanos e turcos.

Com a ampliação da sua capacidade produtiva, a fabricante alemã planeja continuar sua expansão nos EUA, Europa, América do Sul, Oriente Médio e Norte da África. 

“Estamos empenhados em maximizar o valor dos módulos fotovoltaicos e em permanecer um fornecedor de energia global confiável para os benefícios de longo prazo dos clientes”, disse Alexander Maier, fundador e CEO da AE Solar. 

Atualmente, a AE Solar atua em mais de 90 países e foi listada pela Bloomberg NEF como uma fabricante Tier 1. Segundo Maier, o objetivo da empresa é expandir ainda mais a presença da empresa e estreitar o relacionamento com parceiros internacionais usando métodos de operação mais responsáveis ​​e inovadores.

Em 2020, por exemplo, AE Solar introduziu chips de NFC (Near Field Communication – Comunicação de Campo Próximo) em todos seus painéis. De acordo com a fabricante, a medida visa proteger seus produtos contra a pirataria na indústria solar. 

Com isso, os clientes conseguem verificar a autenticidade de seus painéis solares, por meio de um aplicativo, em questão de segundos.

Imagem de Ericka Araújo
Ericka Araújo
Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal