Iberdrola anuncia planos para dobrar investimentos em renováveis até 2030

O objetivo da empresa é atingir mais de 90 GW em capacidade instalada nos próximos dez anos
2 minuto(s) de leitura
01-03-21-canal-solar-Iberdrola anuncia planos para dobrar investimentos em renováveis até 2030

A Iberdrola, produtora de energias renováveis da Europa e dos EUA, anunciou planos para dobrar seus gastos com renováveis, levando seus aportes de € 75 bilhões de euros até 2025 para € 150 bilhões até 2030.

Essa robustez permitirá a empresa chegar a uma potência instalada de 60 GW em energias renováveis ​​nos próximos cinco anos – dobrando sua capacidade solar fotovoltaica para 16 GW – e 93 GW até 2030.

Somente em 2020, por exemplo, os investimentos alcançaram mais de € 9 bilhões, uma alta de 13% em relação a 2019. Deste total, 91% foi destinado ao desenvolvimento de novos projetos sustentáveis e redes elétricas para acelerar a transição energética.

“Colocamos nosso balanço a serviço da recuperação, com aportes de cerca de € 9,2 bilhões e adjudicações a mais de 22 mil empresas no valor de € 14 bilhões, as maiores de nossa história que ajudarão na manutenção de 400 mil empregos em nossos mercados”, disse Ignacio Galán, presidente da Iberdrola.

Apesar da pandemia, a companhia instalou 4 GW nos últimos 12 meses (quase 3 GW renováveis em 2020) e alcançou 35 GW de capacidade instalada renovável. Como consequência, as emissões da mesma reduziram 11% – visando o compromisso da companhia de se tornar neutra em carbono na Europa em 2030. 

Iberdrola e Danone firmam parceria

A Iberdrola assinou recentemente um PPA (contrato de compra de energia) para vender eletricidade ao grupo alimentar francês Danone. O acordo impulsionará a construção de uma usina fotovoltaica, de 590 MW de potência, na Europa, para a empresa.

Tal iniciativa permite que 100% da energia renovável, já utilizada em suas instalações e fábricas, provenha deste projeto solar, que recebeu o nome de Francisco Pizarro.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal