Agricultor aposta em solar com bateria e triplica produção de grãos

A potência instalada de energia solar no meio rural brasileiro dobrou no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período em 2019

Conforme noticiado pelo Canal Solar em maio, foi instalado, em uma propriedade rural de Goiás, o primeiro sistema híbrido do mundo em aplicação de irrigação, sendo um marco para o mercado fotovoltaico.

O projeto, que é abastecido por meio de um sistema solar de 773 kWp e opera na forma de uma microgrid – que é uma microrrede totalmente autônoma e estável, sem a necessidade de complementação da rede elétrica – possibilitou ao produtor rural que triplicasse a sua produção de grãos.

“Estamos falando de uma fazenda que tinha, em média, uma safra por ano. Conseguimos incrementar a produção dessa fazenda de uma para três safras ao ano. Mesmo em meio à pandemia, o produtor conseguiu triplicar a sua oferta de produtos. Se isso pudesse, de alguma forma, ser replicado, o quanto que a gente não teria a mais de alimentos disponíveis para combater a fome”, disse o engenheiro eletricista Rogério Mattos, diretor da Ideatek, empresa que participou da instalação do sistema.

“Costumo dizer que o projeto que participamos em Goiás foi um divisor de águas. Foi a coisa mais impressionante ver o tamanho da solução que foi entregue a esse produtor. Essa é uma região que passa, por exemplo, 200, 250 dias sem nenhuma gota de chuva. Então, ele foi visionário, teve muita coragem de fazer um investimento como esse”, ressaltou Mattos.

Considerando todos os benefícios, como ganho de produtividade e custos evitados, o payback (inicialmente calculado em 6 anos) pode ser ainda mais atrativo. A estimativa é que o cliente final tenha uma redução de 60% no consumo diário de diesel. “Os agricultores têm muito a ganhar com esse tipo de solução. O retorno de investimento é impressionante”, destacou o engenheiro.

“Isso inspira a gente. Nos deixa cada vez mais confiante e motivado para propor novas soluções, desenvolver novos projetos e apoiar o desenvolvimento sustentável”, concluiu o executivo.

Energia solar em propriedades rurais cresce 120%

A potência instalada de energia solar no meio rural brasileiro dobrou no primeiro semestre de 2020 em comparação com o mesmo período em 2019. É o que apontou um levantamento exclusivo realizado pelo Canal Solar.

Nos primeiros seis meses deste ano, a energia fotovoltaica em propriedades rurais atingiu 142 MW de potência, uma alta de 120% frente aos 63 MW de janeiro a junho do ano passado.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal