24 de outubro de 2021

Algoritmo aumenta geração de energia de rastreadores solares em até 8%

Segundo a Trina Solar, a solução tecnológica aproveita melhor a luz do sol usando inteligência artificial

Autor: 10 de fevereiro de 2021Tecnologia e P&D
Algoritmo aumenta geração de energia de rastreadores solares em até 8%

A corrida em busca da eficiência energética no mercado de rasteadores fotovoltaicos tem novidades. A fabricante Trina Solar apresentou um algoritmo que pode aumentar a geração de energia entre 3% e 8%. 

De acordo com a empresa, tal eficácia varia de acordo com cada projeto, os aspectos do terreno e do clima em cada local. 

No “Manual Técnico sobre a Tecnologia Inteligente de Rastreamento SuperTrack”, é explicado as características e vantagens do SuperTrack, que, segundo a empresa, possui três diferencias:

  • Tecnologias tanto de rastreamento inteligente quanto de backtracking;
  • Um sistema de comunicação online que diminui o gasto com cabeamento e agiliza o funcionamento dos rastreadores solares;
  • Técnicas eficientes de proteção contra condições climáticas extremas, como ventos fortes, neve e granizo.

Ainda segundo a Trina, o SuperTrack traz também soluções para falhas existentes nos algoritmos tradicionais. A fabricante afirma que é uma tecnologia de rastreamento que considera o clima local e reduz as perdas de sombreamento geradas pelo espaçamento entre as fileiras de painéis bifaciais durante o backtracking

Ademais, o produto, certificado pela CGC (China General Certification), analisa a performance total de geração dos painéis bifaciais de alta potência. Com isso, a fabricante afirma ser permitido explorar ao máximo as vantagens dos rastreadores de eixo único, reduzindo o LCOE (custo nivelado de energia) e melhorar o payback.

“A CGC e a Trina avaliaram a viabilidade do algoritmo durante a fase inicial do projeto, o que nos levou a reconhecer o perfil avançado da solução e a projetar uma tecnologia empírica específica. Durante o monitoramento, a CGC atestou a precisão de dados e a eficácia do SuperTrack”, disse Zhou Gang, diretor-geral da Divisão de Energia Solar do CGC.

Outras vantagens

Outro ponto ressalto pela Trina, é que o algoritmo combina testes em túneis de vento e simulações para aumentar a confiabilidade e a eficiência de O&M (Operação & Manutenção) do rastreador.

“Associado à ampla aplicação de módulos bifaciais, o SuperTrack irá auxiliar rastreadores de eixo único a darem um salto nos ganhos de energia, o que ajudará a reduzir ainda mais o LCOE e a aumentar o uso de rastreadores na indústria fotovoltaica global”, destacou Duan Shunwei, chefe da unidade de negócios TrinaTracker da Trina Solar.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar