19 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,3W

Alterações da RN 482 entrarão em vigor somente em 2021

As notícias foram bem recebidas por consumidores de energia e trabalhadores do setor de energia solar

Autor: 6 de dezembro de 2019março 18th, 2021Brasil
Alterações da RN 482 entrarão em vigor somente em 2021

O diretor geral da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) afirmou que as alterações da RN 482 entrarão em vigor somente em 2021. A declaração foi feita por André Pepitone nesta sexta-feira, 06/12/2019, em entrevista a um veículo de comunicação.

Pepitone declarou que a transição será feita de forma gradual e que “a norma quando for aprovada, a exemplo do que foi feito com outras resoluções, tem um prazo para entrar em vigor — e esse prazo deverá ser 01/01/2021.”

Pepitone discursou também sobre outros pontos importantes. Entre eles, a manutenção das regras atuais para aqueles que já instalaram os seus sistemas de Geração Distribuída. Segundo o diretor geral da ANEEL, as regras atuais devem ser mantidas por 25 anos para estes consumidores.

Destaque também foi dado para as trocas de consumidores nas cooperativas e consórcios de energia solar já em operação, “outro pleito pelo qual temos grande sensibilidade é a chamada portabilidade ou a troca de consumidor nos consórcios e cooperativas de energia solar, que em um primeiro momento era vedada, mas já existe a sensibilidade de acatar a troca desses consumidores para que se permita a fluidez econômica daquele arranjo”.

As notícias foram bem recebidas por consumidores de energia e trabalhadores do setor de energia solar.  Porém, fica no ar a expectativa para ver essas declarações formalizadas no texto da resolução. Ainda, segundo Pepitone, o prazo estimado para a publicação das alterações da RN 482 é o primeiro trimestre de 2020.

Foto: Agência Senado:

Canal Solar

Canal Solar

Equipe de Engenharia do Canal Solar

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.