ANEEL aprova contrato da operação de empréstimo da Conta-Covid

Ao total, 16 bancos vão participar do pool - acordo temporário entre empresas
2 minuto(s) de leitura

A ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) aprovou nesta terça-feira (21) os contratos de empréstimos da Conta-Covid, operação criada para reduzir os impactos da pandemia da Covid-19 nas contas de luz e injetar liquidez nas empresas do setor elétrico.

Ao total, 16 bancos vão participar do pool – acordo temporário entre empresas para execução de determinado projeto – que vai financiar as distribuidoras, totalizando R$ 15,292 bilhões, dos quais R$ 14,8 bilhões serão liberados em sete parcelas até dezembro de 2020.

O primeiro desembolso está previsto para o dia 31 deste mês e será de R$ 11,8 bilhões.

O custo da operação será de CDI (Certificado de Depósito Interbancário) + 3,79%, equivalente a IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) + 4,94% ao ano.

A carência vai até 15 de junho de 2021. A amortização será feita em 54 parcelas, sendo a primeira em 15 de julho de 2021 e a última em 15 de dezembro de 2025.

Bancos participantes

As maiores participações são do Bradesco BBI e do Itaú BBA, cada um com R$ 2,9 bilhões, equivalente a 18,96% de participação. Em seguida, aparecem BNDES, com R$ 2,653 bilhões (17,35%), Santander, com R$ 2,217 bilhões (14,50%), e Banco do Brasil, com R$ 1,8 bilhões (11,77%).

O restante será dividido entre Credit Suisse, Citibank, Safra, SMBC, Votorantim, Alfa, JP Morgan, Bocom BBM, CCB, BTG e ABC Brasil. A operação terá como gestor o Bradesco, que vai controlar e operacionalizar o fluxo financeiro dos recursos.

Contratos da Conta-Covid são assinados

A CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica) assinou nesta quarta-feira (22) os contratos relativos aos empréstimos da Conta-Covid.

Participaram do evento, de forma virtual, o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e o diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, bem como a diretora Elisa Bastos.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal