5 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Array Technologies compra STI Norland por US$ 652 milhões

Acordo é firmado com o objetivo de criar a maior empresa de rastreadores solares do mundo

Autor: 12 de novembro de 2021Mundo
Array Technologies compra STI Norland por US$ 652 milhões

A Array Technologies anunciou, nesta quinta-feira (11), um acordo para adquirir a STI Norland por aproximadamente € 570 milhões (US$ 652 milhões). Espera-se que a transação seja concluída no primeiro trimestre de 2022.

Javier Reclusa, CEO da STI Norland, bem como o restante da equipe de gerenciamento sênior da empresa, permanecerá com a Array após o fechamento do contrato e continuará a liderar a fabricante de rastreadores solares.

“Esta transação é um primeiro passo importante na estratégia de expansão que articulamos quando anunciamos nosso investimento em ações preferenciais da Blackstone em agosto. A combinação de Array e STI Norland cria a líder global em rastreadores com posições de liderança em todos os principais mercados de energia solar fora da China e Índia”, disse Brad Forth, presidente da Array.

“A STI Norland traz para a Array uma linha de produtos comprovada que é ideal para mercados complementares, o que ajudará a acelerar nossos planos de expansão internacional. O aumento da escala da empresa combinada também oferece oportunidades para redução significativa de custos, à medida que impulsionamos maiores volumes com nossos fornecedores e alcançamos maior alavancagem em nossos custos fixos”, ressaltou.

“Estamos ansiosos para dar as boas-vindas aos funcionários da STI Norland na Array. Tanto a STI quanto a Array estão enraizadas em negócios operados pelo fundador e voltados para a inovação. Juntos, acredito que temos a tecnologia, cultura e recursos para construir um negócio verdadeiramente global que pode criar um valor tremendo para nossos clientes, funcionários e acionistas”, completou Jim Fusaro, CEO da Array.

Javier Reclusa acrescentou ainda que toda a equipe da companhia está entusiasmada com a união e com as oportunidades que a combinação das duas empresas irá abrir. “Temos um grande respeito pela Array, sua tecnologia e gerenciamento e estou ansioso para trabalhar em estreita colaboração com Brad e Jim para apoiar seus ambiciosos planos de expansão”.

Destaques da transação

Segundo as companhias, os negócios combinados terão posições de liderança na América do Norte, América Latina e Europa, os três maiores mercados de energia solar fora da China.

No Brasil, por exemplo, quase 10 GW de potência solar em grande escala estão previstos para serem instalados no Brasil em 2022 e 2023, de acordo com analistas do setor, com mais de 90% desses projetos usando rastreadores.

Aproveitando a infraestrutura de vendas e os relacionamentos existentes da STI Norland, a Array afirmou que poderá acelerar seus planos de expansão para os mercados internacionais. A empresa combinada deverá obter cerca de 30% de suas receitas de projetos internacionais em 2022.

Ademais, após o fechamento da transação, a Array pretende iniciar vários planos de redução de custos em toda a empresa, que incluirão a avaliação de descontos adicionais para fornecedores que podem estar disponíveis na combinação de volumes de compra.

Sobre a Array Technologies

A Array Technologies é uma empresa fornecedora global de tecnologia de rastreador solar em escala de utilidade. Fundada e sediada nos Estados Unidos, a mesma conta com sua cadeia de suprimentos global centrada no cliente para entregar, comissionar e apoiar desenvolvimentos de energia solar fotovoltaica. 

Sobre a STI Norland

Com sede em Pamplona, ​​na Espanha, a STI Norland possui posições de liderança na Península Ibérica e na América Latina, incluindo o mercado solar brasileiro. A companhia concluiu ou recebeu sistemas de rastreamento para mais de 400 projetos em todo o mundo, representando mais de 12 GW de capacidade de geração.

Imagem: reprodução

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.