1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

BNDES aprova financiamento de R$ 2,18 bilhões para complexo solar

Empreendimento terá geração suficiente para o fornecimento de energia para mais de três milhões de pessoas

Autor: 30 de novembro de 2023Financiamento
3 minutos de leitura
BNDES aprova financiamento de R$ 2,18 bilhões para complexo solar

Foto: Divulgação/BNDES

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) anunciou, nesta quarta-feira (29), o financiamento de US$ 447,8 milhões, o equivalente a R$ 2,18 bilhões, para implantação do complexo de energia solar Vista Alegre, no município de Janaúba (MG). 

Incluído no Novo PAC, do Governo Federal, o empreendimento terá capacidade instalada de 902 MWp e evitará a emissão de 2,4 milhões de toneladas de CO2 durante os 20 anos de operação da planta, o que corresponde a 17 milhões de árvores plantadas.

O complexo conta com 18 usinas fotovoltaicas, sistema de transmissão associado e geração suficiente para garantir o fornecimento de energia para mais de três milhões de pessoas.

Segundo o BNDES, esse é o maior financiamento em dólares para geração renovável já realizado pelo banco, que utiliza nessa operação recursos oriundos de captações em moeda estrangeira no mercado internacional, convertidos em reais na contratação do apoio.

Luciana Costa, diretora de Infraestrutura, Transição Energética e Mudança Climática do BNDES, explica que o projeto contribuirá para o desenvolvimento da região norte de Minas Gerais. “Será o maior projeto solar construído em fase única no país, isto é, com implantação do projeto completo, de uma só vez”, comentou. 

De acordo com o BNDES, a participação da instituição financeira no complexo é de cerca de 68% do investimento total, que é de R$ 3,2 bilhões. A previsão é de que sejam gerados 2,5 mil empregos na fase de implantação do empreendimento e 20 postos de trabalho após sua conclusão. 

O apoio do banco à iniciativa foi estruturado como project finance, modelo em que as garantias são o próprio ativo e o fluxo de caixa do empreendimento. A produção do complexo será comercializada no Mercado Livre de Energia com a Albras. 

O complexo é administrado pela Vista Alegre Comercializadora de Energia, empresa controlada pela Atlas Renewable Energy, que desenvolve, constrói e opera projetos de energia renovável na América Latina. A Albras é sócia da Vista Alegre, com 5,7% de seu capital.

“Este é mais um grande passo para a Atlas e um marco na construção do maior PPA solar da América Latina. Os PPAs em dólares têm ganhado força no Brasil como uma ótima solução para fornecer energia limpa às empresas, fornecer hedge cambial para grandes exportadores e ajudar os clientes a cumprirem suas metas de sustentabilidade por meio do acesso à energia renovável. Mais uma vez, o BNDES deposita sua confiança na Atlas, o que nos permite garantir a viabilidade deste projeto para impulsionar o uso da energia solar no País”, comenta Fábio Bortoluzo, diretor da Atlas no Brasil.

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.