14 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,4GW

BNDES lança programa de crédito para projetos de eficiência energética

Iniciativa vai oferecer R$ 330 milhões para o financiamento de projetos de energia renovável no Brasil

Autor: 16 de setembro de 2022setembro 19th, 2022Financiamento
2 minutos de leitura
BNDES lança programa de crédito para projetos de eficiência energética

Programa do BNDES é destinado às micro, pequenas e médias empresas. Foto: Miguel Ângelo / CNI

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) lançou um novo programa de crédito que vai oferecer cerca de R$ 330 milhões para o financiamento de projetos de eficiência energética no Brasil.  

O FGEnergia (Programa de Garantias a Crédito para Eficiência Energética) tem como objetivo promover projetos que aumentem a eficiência energética (com redução de consumo de energia) e de geração de energia renovável, como solar e eólica. 

De acordo com o BNDES, o novo programa pode ser aplicado para cobertura de linhas de repasse do banco ou de linhas próprias do parceiro bancário credenciado. “Seu uso não consome o limite do banco parceiro junto ao BNDES”, destaca a instituição. 

Para acessar os formulários de solicitação e o termo de adesão, clique aqui.

Regras do FGEnergia:

  • A fiança concedida pelo programa poderá cobrir até 80% do valor do empréstimo, que deverá ser de no mínimo R$ 50 mil e, no máximo, R$ 3 milhões por empresa;
  • Os prazos de cobertura variam de 12 a 84 meses, com carência de 24 meses;
  • Projeto destinados às micro, pequenas e médias empresas (MPMEs).
Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.