21 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,4GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Como aumentar as chances de aprovação do financiamento de um cliente?

Confira as dicas de Carlos Bouhid, fundador da Suney, empresa que oferece financiamentos para o setor de energia solar

Autor: 14 de setembro de 2022dezembro 1st, 2022Financiamento
4 minutos de leitura
Como aumentar as chances de aprovação do financiamento de um cliente?

Conhecer a realidade do cliente reduz o risco de um financiamento ser reprovado. Foto: Envato Elements

O financiamento de sistemas de energia solar, seja por meio de bancos públicos, privados ou outras instituições financeiras, tem um papel fundamental para o crescimento do setor, já que é por meio dele que grande parte dos consumidores brasileiros conseguem ter acesso a tecnologia. 

No entanto, para que uma pessoa tenha acesso a essa vantagem, é preciso ter o crédito aprovado junto às instituições que oferecem tal benefício. É aí que mora o maior problema, já que em muitos casos o pedido acaba sendo rejeitado.  

Neste sentido, para tirar as dúvidas dos integradores sobre como aumentar as chances do financiamento de um cliente ser aprovado, o Canal Solar realizou, na terça-feira (13), um webinário com Carlos Bouhid, fundador e CEO da Suney, para conversar e dar dicas sobre o assunto. 

De acordo com o executivo os principais motivos que levam um cliente a ter seu projeto reprovado pelas instituições financeiras são:

  • Score de crédito baixo
  • Pagamentos não honrados pelo consumidor
  • Renda incompatível com o pedido do financiamento  
  • Baixo relacionamento do cliente com o mercado
  • Falta de clareza do integrador com relação aos documentos apresentados 

“Quando você vai apresentar o seu cliente para a instituição financeira, é preciso se certificar a respeito das informações desse cliente para que não sejam enviadas informações desatualizadas ou equivocadas, como renda e faturamento inflados”, destaca Bouhid. 

Além disso, ele destacou que é muito importante que tais informações estejam claras para que as instituições possam, de fato, conhecer o seu cliente e verificar a veracidade dessas informações. 

“É fundamental que a empresa que está solicitando o andamento para o seu cliente tenha de antemão um conhecimento sobre ele para que possa apresentá-lo à instituição financeira – que, por sua vez, possa verificar se ele tem condições de fazer o investimento, se tem um bom histórico de pagamento e se vai ter a capacidade de honrar a dívida que está sendo tomada”, pontuou. 

O executivo explica também que o integrador precisa ficar atento aos números do mercado e entender qual é o perfil do seu cliente, já que, atualmente, cerca de 77,5% dos brasileiros encontram-se endividados e 6,3% estão inadimplentes. 

Segundo ele, entender a realidade do cliente é fundamental para criar estratégias comerciais que ajudem a aumentar a chance da aprovação de um projeto, como por exemplo, aumentar as parcelas do financiamento se o valor dela ficar igual ou superior a 30% da renda mensal do cliente.

Outra dica citada por Bouhid é incluir um avalista no negócio, garantindo mais segurança à operação e aumentando em até 100% as chances de aprovação de um financiamento. 

O avalista, de maneira simplificada, é a pessoas que aceita ter a responsabilidade para pagar um empréstimo ou financiamento que foi solicitado por outra pessoa. Ou seja, caso quem pediu o crédito não pague, o avalista assume a quitação da dívida realizada por alguém.

“Essa é uma boa estratégia, porque o avalista se torna uma pessoa co-responsável por aquele pagamento. É um devedor solidário do financiamento. Ou seja, quando você coloca um avalista no negócio, você tem uma ‘espécie’ de segunda pessoa para arcar com aquela dívida”, destacou. 

Além de garantir maior segurança para operação, esse avalista pode ser usado para composição de renda do cliente solicitante. 

“Então, se aquela parcela ficou muito alta para ele, a colocação de um avalista, com a renda dos dois (no negócio), o pagamento passa a ser possível. Nesse caso, pode ser incluído alguém da família desse cliente, como o marido ou a mulher dele”, frisou.

Confira o webinário completo: 

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.