2 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Brasil desponta entre maiores geradores de empregos em energia solar no mundo

Segundo relatório da IRENA, em 2020, país saltou da oitava para a sétima posição na criação de empregos na área

Autor: 28 de outubro de 2021julho 23rd, 2022Brasil
2 minutos de leitura
Brasil desponta entre maiores geradores de empregos em energia solar no mundo

Agora, o país está a frente de líderes históricos do setor, como a Alemanha e o Reino Unido

O Brasil assumiu a 7ª posição no ranking dos 10 países que mais geraram empregos no mundo em energia solar no ano de 2020, segundo relatório divulgado recentemente pela IRENA (Agência Internacional para as Energias Renováveis). Agora, o país está a frente de líderes históricos do setor, como a Alemanha e o Reino Unido.

Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), celebrou o marco e destacou que o Brasil é uma nação solar por natureza, com condições privilegiadas para se tornar uma liderança de destaque mundial no setor.

“A energia solar fotovoltaica terá função cada vez mais estratégica para o atingimento das metas de desenvolvimento socioeconômico e sustentável do Brasil e dos demais países. Irá ajudar fortemente na recuperação da economia, sendo a fonte renovável que mais gera empregos no planeta”, ressaltou.

Ainda segundo o relatório da IRENA, o setor de energia renovável gerou 12 milhões empregos no mundo em 2020, com a participação majoritária da fonte solar fotovoltaica, responsável por mais de 3,9 milhões de postos de trabalho, representando um terço do total.

irena jobs

Ronaldo Koloszuk, presidente do Conselho de Administração da ABSOLAR, enfatizou que o crescimento da energia solar traz empregos de qualidade em todas as regiões do Brasil, reduzindo a conta de luz e garantindo renda para a população.

“Portanto, neste momento de alto desemprego, de baixo nível dos reservatórios hidrelétricos, de bandeira vermelha e de tarifa extra de ‘escassez hídrica’ sendo cobrada na conta de luz, é fundamental estimular o avanço da energia solar, limpa, competitiva e líder na geração de empregos renováveis no mundo”, diz.

Empregos no setor solar no Brasil em 2021

Segundo levantamento preliminar da ABSOLAR, o Brasil registrou, desde 2012 até final de setembro deste ano, a criação de cerca de 330 mil empregos pelo setor solar. De acordo com a entidade, a fonte fotovoltaica já trouxe ao país mais de R$ 57 bilhões em novos investimentos e R$ 15,1 bilhões em arrecadação aos cofres públicos, bem como evitou a emissão de mais de 12,4 milhões de toneladas de CO₂ na geração de eletricidade.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

2 comentários

  • Luis Valdoni Rosa disse:

    Tenho interesse em conhecer melhor a empresa….com objetivo de possível representação.
    Att,
    Luís

  • Bruno Rezende Palmieri disse:

    Congratulações a vocês, por promoverem um país inteiro e até agora nem se ouve falar da participação de alguma pasta competente da Esplanada dos Ministérios. Estou a par da iniciativa cooperativista nas comunidades da Babilônia e do Chapéu Mangueira. Grande abraço e parabéns.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.