Brasil ultrapassa 11 GW em geração distribuída, aponta ABGD

Associação avalia ainda que este será o ano da corrida do Sol no país

Segundo dados da ABGD (Associação Brasileira de Geração Distribuída), a GD (geração distribuída) ultrapassou a marca de 11 GW de potência instalada. A associação atribui este marco aos investimentos de recursos privados de mais de um milhão de cidadãos e empresas que adquiriram sistemas de geração própria de energia.

Como visto desde o início do ano, o crescimento do setor chegou a pouco mais de 2,5 GW de potência instalada em sistemas de energia solar fotovoltaica, pequenas centrais hidrelétricas (PCH), energia eólica e outras fontes renováveis. A ABGD ressalta que, de acordo com a Lei 14.300/2022, sistemas de energia solar instalados até janeiro de 2023 estarão isentos de taxas de uso até 2045.

Para Guilherme Chrispim, presidente da ABGD, o ritmo de instalações deve ser crescente também no segundo semestre. “O ritmo de crescimento da geração distribuída deve se acentuar no segundo semestre. A evolução das notícias sobre preços altos da conta de luz e o fim do período para gratuidade sobre a TUSD são os fatores que, na avaliação da ABGD, terão impacto positivo na busca por novos projetos”, explica.

Para Chrispim, o ano de 2023, mesmo com a nova lei em vigor, não deixará de ser uma ótima saída para a energia renovável. “Mas é importante deixar claro que os sistemas de geração distribuída continuarão sendo um ótimo investimento a partir de 2023. Gerar a própria energia, no Brasil e no mundo, é um expediente que fará cada vez mais sentido”, conclui.

Solar até o final de 2022

Ainda de acordo com a ABGD, o país deverá atingir a marca de 15 GW de potência instalada em geração distribuída até o final do deste ano, com expectativas de mais de 1,3 milhão de conexões totais.

Atualmente, a GD está dividida entre as classes de consumo residencial (43,6%), comercial (33,2%), rural (13,9%) e industrial (7,9%). Entre as fontes dos sistemas de mini e microgeração de eletricidade, a energia solar é a mais presente no país, representando 97,7% do total; seguida por termoelétrica (1,2%), Central Geradora Hidrelétrica – CGH (0,87%) e eólica (0,18%). Na opinião da associação, 2022 é o ano da “corrida do sol”.

Potência Instalada

6 GW

7 GW

8 GW

9 GW

10 GW

11 GW

Data

10/06/21

10/09/21

10/12/21

21/01/22

29/03/22

31/05/22

Nº de dias

106

92

91

42

67

62

Imagem de Redação do Canal Solar
Redação do Canal Solar
Texto produzido pelos jornalistas do Canal Solar.

2 respostas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal