1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

CADE aprova sem restrições joint venture entre Auren e Vivo

União visa atuação no mercado varejista de energia que começou a valer em 1º de janeiro

Autor: 8 de janeiro de 2024Mercado
2 minutos de leitura
CADE aprova sem restrições joint venture entre Auren e Vivo

Capilaridade da Vivo facilita acesso aos consumidores varejista de energia. Fonte: Freepik

O CADE (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) aprovou, sem restrições, a união entre a Auren Energia e a Vivo. A informação consta no DOU (Diário Oficial da União) desta segunda-feira (8).

As empresas vão criar uma joint-venture focada na comercialização de energia elétrica em todo o Brasil, de olho na abertura do mercado livre para os consumidores varejistas do Grupo A.

Como é de conhecimento do mercado, desde 1º de janeiro todos os consumidores de média e alta tensão (pequenas e médias empresas conectadas acima de 2,3 kV e com demanda abaixo de 500 kV) poderão escolher o fornecedor de energia elétrica, se assim desejarem. Antes, essa condição só era oferecida às grandes empresas e indústrias que tinham uma demanda acima de 500 kV.

A Auren Energia surgiu da união entre Votorantim S.A e do CPP Investments. A empresa é referência em geração de energia renovável e uma das líderes em comercialização de energia no país. A Vivo (Telefônica Brasil S.A.) é uma das principais empresas de telecomunicações e fornecedoras de serviços digitais no país.

“A exploração deste novo potencial será o foco desta joint-venture, que irá atuar no segmento de empresas com demanda inferior à 500 kW, preparando-se, inclusive, para atuar no segmento de baixa tensão e residencial em um cenário de abertura total do mercado de eletricidade brasileiro”, disse a Auren em comunicado ao mercado publicado no final de dezembro.

“[…] A Auren e a Vivo constituirão a joint-venture, na qual cada uma deterá 50% de participação societária. Após a devida constituição, a nova empresa iniciará os procedimentos necessários para obtenção das respectivas licenças e autorizações para o desenvolvimento dos seus negócios, e contará com uma equipe própria e totalmente independente.”


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.