Canadian Solar recebe US$ 30 milhões para desenvolver usinas solares no Brasil

O Complexo, o maior da América Latina, é composto de 11 usinas, com capacidade instalada total de 321 MW
2 minuto(s) de leitura

A Canadian Solar, empresa dedicada à fabricação de módulos e ao desenvolvimento de projetos fotovoltaicos, anunciou que recebeu US$ 30 milhões para a contrução de usinas solares no Brasil.

A empresa sino-canadense obteve o recurso na forma de fundos não garantidos do Fundo de Cooperação e Desenvolvimento China-Português de Língua Portuguesa.

O fundo foi estabelecido pelo Banco de Desenvolvimento da China e pelo Fundo de Desenvolvimento Industrial e Comercial de Macau, comprometido em promover o investimento e a cooperação entre a China e os países de língua portuguesa, incluindo o Brasil.

Graças aos recursos que recebeu em 2017, a Canadian Solar construiu também o primeiro projeto brasileiro, a usina solar de Pirapora, em Minas Gerais, cujo investimento total está estimado em mais de R$ 2 bilhões.

O Complexo, o maior da América Latina, é composto de 11 usinas, com capacidade instalada total de 321 MW, aproveitando a alta incidência de radiação solar na região. A usina tem capacidade de gerar energia suficiente para atender às necessidades anuais de consumo de mais de 400 mil lares brasileiros.

Covid-19

De acordo com o presidente da Canadian Solar, Hugo Albuquerque, o isolamento social tem imposto uma rotina muito complicada, mas servirá de aprendizado e será uma situação passageira.

“Diferente do mercado residencial, que deu uma breve pausa, o mercado de usinas de 1 MW, 3 MW, 5 MW e projetos de Utility Scale não pararam, pois seus contrato preveem multas. Exatamente por isso, ratificamos que não vai faltar módulos para ninguém. A Canadian Solar está pronta para suprir o mercado nesse período tão difícil, com módulos a pronta entrega”, afirmou Albuquerque.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal