Chile inaugura 1ª estação radar alimentada totalmente por energia solar

Estação possui 340 painéis solares em operação no deserto do Atacama e garante a vigilância do tráfego aéreo no país
2 minuto(s) de leitura
Chile inaugura 1ª estação radar alimentada totalmente por energia solar
Estação radar alimentada 100% de energia solar. Foto: Thales/Divulgação

A primeira estação radar de controle de tráfego aéreo do mundo alimentada 100% por energia solar foi inaugurada nesta quarta-feira (24), no norte do Chile, na região de Antofagasta.

A estação foi inaugurada pela DGAC (Direção Geral de Aeronáutica Civil), instituição pública encarregada de regular e fiscalizar a atividade aérea no espaço aéreo controlado pelo Chile, e a Thales, líder mundial em tecnologias avançadas. 

“A inauguração oficial desta estação radar 100% alimentada por energia solar é um marco tecnológico para a indústria de controle de tráfego aéreo não só no Chile, mas no mundo. Ela coloca o Chile na vanguarda das inovações ambientalmente responsáveis ​​utilizando tecnologia de ponta”, afirma Wellington Rodrigues, diretor Geral da Thales para o Cone Sul (Chile, Argentina, Paraguai e Uruguai).

A estação já está em operação, e fica há 3.500 metros de altitude no deserto do Atacama e garante a vigilância do tráfego aéreo civil e militar no país.

O sistema possui 340 painéis solares para aproveitar ao máximo os elevados níveis de radiação solar na região e tem capacidade máxima de aproximadamente 960 kWh ao dia, cobrindo uma área de 10 mil metros quadrados.

A estação também utiliza baterias e geradores de reserva para garantir o funcionamento geral da estação e proteger contra possíveis interrupções de energia ou disponibilidade limitada de fontes regulares.

O sistema é composto pelo radar de vigilância primária STAR NG e um radar de vigilância secundária RSM Modo S. Combinados, garantem a vigilância operacional para o controle de tráfego aéreo civil, permitindo um aumento significativo na segurança e eficiência das operações aéreas no norte chileno.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal