17 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Como funciona um microinversor com Wi-Fi integrado?

Saiba como os microinversores se comunicam com os sistemas de monitoramento de energia solar

Autor: 5 de maio de 2023abril 2nd, 2024Artigo do fabricante
9 minutos de leitura
Como funciona um microinversor com Wi-Fi integrado?

A Hoymiles possui uma linha de microinversores com Wi-Fi integrado

Para obter o máximo de energia de seu sistema de energia solar com microinversor é necessário saber o que está acontecendo dentro dele.

Qual é a eficiência na conversão de energia? Existe algum problema técnico do qual deveria estar ciente? Existem maneiras de ajustá-lo para otimizar essa conversão de energia?

Para responder a essas perguntas e maximizar o retorno do investimento da instalação de energia solar, o microinversor se conecta a um sistema de monitoramento de energia solar, onde é possível monitorar, gerenciar e solucionar problemas de sua instalação.

Um microinversor pode se comunicar com o sistema de monitoramento de energia solar de duas maneiras: por um gateway de comunicação independente ou um módulo Wi-Fi integrado no microinversor, que se conecta diretamente à internet.

Mas como funciona exatamente? Por que escolher um microinversor com Wi-Fi integrado em vez de um com um gateway de comunicação independente?

Vamos explorar a resposta a essas perguntas e como encontrar o melhor microinversor com Wi-Fi integrado.

Como os microinversores se comunicam com os sistemas de monitoramento de energia solar?

Já sabemos que os microinversores precisam se conectar de maneira eficiente aos sistemas de monitoramento de energia solar. Vamos agora explorar as duas maneiras pelas quais diferentes tipos de microinversores podem estabelecer essa conexão.

Gateways de comunicação

Normalmente, um microinversor precisa de um gateway de comunicação para coletar os dados de energia solar e transmiti-los para o sistema de monitoramento. Esse gateway é essencialmente uma central que conecta o microinversor com a nuvem.

Na Hoymiles, chamamos nosso gateway de “unidade de transferência de dados” ou “DTU”. Ele é projetado para reunir todos os dados úteis e em tempo real necessários para saber sobre o funcionamento do microinversor e detectar possíveis falhas.

Diagrama que mostra como uma DTU Hoymiles conecta o microinversor ao S-Miles Cloud, o sistema de monitoramento de energia solar da Hoymiles, bem como controles pela internet e pelo aplicativo

Diagrama que mostra como uma DTU Hoymiles conecta o microinversor ao S-Miles Cloud, o sistema de monitoramento de energia solar da Hoymiles, bem como controles pela internet e pelo aplicativo

A característica mais importante de uma DTU é sua estabilidade; é necessário saber se seu gateway é confiável, coletando dados consistentemente e transmitindo-os pela internet para seu sistema de monitoramento de energia solar.

Dessa forma, pode-se tomar decisões baseadas em dados que maximizam o retorno do investimento de seu sistema de energia solar, sabendo que todos os dados estão atualizados.

Um gateway de comunicação pode se conectar ao microinversor de duas maneiras diferentes:

  • Via rede sem fio, como 2,4G e Sub-1G (adotada pela Hoymiles);
  • Via comunicação por linha elétrica (ou PLC), onde os dados são transferidos através de linhas elétricas existentes.

Microinversor com Wi-Fi integrado

Uma DTU padrão tem a capacidade para dezenas de microinversores (dependendo das condições da instalação). Portanto, se tiver apenas um ou dois microinversores, ainda terá muita capacidade disponível, o que significa que estaria desperdiçando dinheiro com a capacidade que não está usando.

É por isso que, para sistemas de energia solar menores, os microinversores com Wi-Fi integrado podem ser uma opção mais eficiente. Esses microinversores têm um módulo Wi-Fi integrado que se conecta diretamente ao roteador em vez de usar um gateway.

É uma boa alternativa para economizar custos em sistemas de energia solar menores, nos quais serão usados apenas alguns microinversores.

O que torna um microinversor com Wi-Fi integrado confiável?

Construir um microinversor com Wi-Fi integrado é tecnicamente desafiador. E, levando em conta que uma falha pode significar a perda dos seus dados, o fabricante precisa ir além: o microinversor deve ser construído com os mais altos padrões, os materiais usados devem ser altamente confiáveis e deve possuir um projeto de circuito inteligente e durável.

Quando estiver procurando um microinversor com Wi-Fi integrado, não deixe de considerar:

ad hoymiles
  • Resistência à temperatura: a temperatura interna de um microinversor pode chegar a 95 °C, o que é problemático, pois a maioria dos módulos Wi-Fi começa a apresentar falhas a partir de 85 °C. Caso deseje que sua conexão seja resistente ao calor, certifique-se de que seu microinversor possui um módulo Wi-Fi projetado para suportar temperaturas mais altas. Os recém-lançados microinversores com Wi-Fi integrado da série DW da Hoymiles são os primeiros de seu tipo a incorporar módulos Wi-Fi de nível industrial, projetados para suportar temperaturas de até 105 °C. Portanto, terá total tranquilidade;
  • Resistência a intempéries: alguns microinversores com Wi-Fi integrado vêm com uma antena externa que precisa ser colada no local durante a instalação do sistema de energia solar. Porém, os microinversores normalmente são colocados ao ar livre, o que significa que a cola (ou outro adesivo) que mantém a antena no lugar pode começar a rachar com o passar do tempo, tornando o microinversor mais vulnerável a danos causados pela água. Até mesmo a menor rachadura pode comprometer todo o sistema. Em vez disso, procure um microinversor que venha com a antena já acoplada. Desse modo não será necessário se preocupar com vazamentos que prejudiquem a conexão. Um módulo com antena integrada também é mais simples de instalar. Assim, o sistema estará em operação muito mais rápido. É assim que os microinversores DW Hoymiles são: fabricados em uma peça única, com classificação IP67 para resistir a quaisquer condições climáticas adversas;
    • Força da conexão: a qualidade do módulo Wi-Fi pode ter um enorme impacto na estabilidade da conexão. Assim, procure um fabricante que invista em módulos melhores e mais robustos. O módulo Wi-Fi do microinversor DW Hoymiles oferece uma conexão confiável com seu celular e com a internet, tornando o monitoramento remoto e a verificação de dados mais fácil e confiável do que nunca. Resumindo, os dados nunca serão perdidos;
  • Compatibilidade: diferentes módulos Wi-Fi são compatíveis com diferentes tipos de roteadores. Portanto, lembre-se de escolher um microinversor compatível com diversos roteadores, o que facilita muito a configuração e o funcionamento da conexão. A Hoymiles tem feito testes extensivos e o microinversor DW sempre funciona bem.

Como saber se um microinversor com Wi-Fi integrado é adequado? Como escolher entre um gateway de comunicação e Wi-Fi integrado? É preciso levar em consideração os pontos abaixo.

O tamanho da instalação

Se estiver montando um sistema de energia solar doméstico menor que necessite de poucos microinversores, o uso de microinversores com Wi-Fi integrado definitivamente será a solução mais econômica.

O uso de Wi-Fi integrado também torna os sistemas de energia solar menores muito mais simples de instalar. Os gateways independentes precisam ser instalados em ambientes internos após o restante da instalação ser concluído, mas os microinversores com Wi-Fi integrado não têm esse componente extra. Tudo é instalado no telhado, sem necessidade de instalar um gateway dentro do prédio.

Entretanto, se precisar instalar um sistema de grande escala que use muitos microinversores, um gateway independente provavelmente será a solução mais eficiente e econômica.

Um gateway independente possui uma ampla área de monitoramento, portanto será capaz de transferir dados de um grande número de microinversores sem ficar sobrecarregado.

A capacidade do seu roteador

É importante lembrar que cada novo dispositivo com Wi-Fi no seu imóvel aumenta a demanda sobre o roteador. Portanto, caso já tenha muitos dispositivos em casa conectados à internet, o roteador poderá não conseguir lidar também com a tensão dos microinversores com Wi-Fi integrado. Se esse for o caso, um gateway de comunicação pode ser a melhor opção.

A maneira mais confiável de se conectar

A dica está no nome: microinversores com Wi-Fi integrado podem transferir dados apenas via Wi-Fi. Portanto, se estiver montando um sistema de energia solar em uma área em que sua conexão Wi-Fi é intermitente ou fraca, talvez não queira contar com ela para transferir aqueles preciosos dados na nuvem.

Se esse for o caso, talvez seja melhor procurar um gateway independente. As DTUs podem usar Ethernet, uma conexão celular 4G ou Wi-Fi para transmitir dados, tornando-as muito mais versáteis e confiáveis em situações em que o Wi-Fi não é confiável.

A confiabilidade do projeto do microinversor

Como discutimos anteriormente, os microinversores com Wi-Fi integrado podem ser muito menos confiáveis se não forem projetados e fabricados com o mais alto padrão. Certifique-se de ter acesso a um microinversor com um módulo Wi-Fi resistente a intempéries, compatível com diversos roteadores e resistente a altas temperaturas.

Veja abaixo uma tabela para ajudar a avaliar o tipo de microinversor certo para sua instalação.

Recomendação Gateway de comunicação Microinversor com Wi-Fi integrado
Cenário aplicável Projetos domésticos de pequeno e médio porte

Projetos comerciais e industriais

Projetos domésticos pequenos (geralmente com um ou dois microinversores)
Distância da coleta de dados Os microinversores podem ser colocados mais distantes do roteador. A distância de monitoramento depende do alcance do roteador. Portanto, eles precisam ser instalados o mais próximo possível do roteador.
Comunicador Wi-Fi, Ethernet, 4G (celular) Somente Wi-Fi
Instalação O gateway deve ser instalado em ambiente interno após a conclusão de todo o sistema. Não há necessidade de instalar um dispositivo extra em ambiente interno. Tudo é instalado no telhado do prédio.

Gateway de comunicação x Wi-Fi integrado: qual é a melhor opção?

Tanto o Wi-Fi integrado quanto os gateways de comunicação têm seus benefícios. Tudo se resume às necessidades de seu sistema de energia solar.

O mais importante é encontrar uma solução que lhe dê total confiança em sua conexão, quer opte por usar um gateway de comunicação ou um microinversor com Wi-Fi integrado.

Na Hoymiles, os microinversores com Wi-Fi integrado são fabricados para durar. Com opções de potência 1.600/1.800/2.000 VA, os microinversores DW são a escolha ideal para pequenas instalações domésticas de energia solar.

Módulos Wi-Fi completamente integrados e de padrão industrial, projetados para suportar temperaturas de até 105 °C, ajudam a maximizar a eficiência sem ter que gastar uma fortuna.

Saiba mais em https://www.hoymiles.com/br/products/microinverter/dw/


As opiniões e informações expressas são de exclusiva responsabilidade do autor e não obrigatoriamente representam a posição oficial do Canal Solar.

Hoymiles

Hoymiles

Empresa líder mundial em micro inversores especializada em soluções MLPE para investidores globais e usuários finais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.