4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Complexo solar de 252 MWp no Piauí opera com 100% da capacidade

A última das sete usinas de Caldeirão Grande 2, da Ibitu Energia, entrou em operação comercial

Autor: 24 de fevereiro de 2023Projetos
2 minutos de leitura
Complexo solar de 252 MWp no Piauí opera com 100% da capacidade

Construção do complexo foi feita em 12 meses. Foto: Ibitu Energia/Divulgação

Já entrou em operação comercial a última das sete usinas do Complexo Solar Caldeirão Grande 2, empreendimento da Ibitu Energia, que tem capacidade instalada de 252 MWp.

De acordo com a empresa, essa energia limpa é suficiente para evitar a emissão de 298 mil toneladas de CO2 por ano, o que reforça o compromisso da mesma de ser net zero até 2027.

O complexo está localizado na região de Caldeirão Grande, no Piauí, e sua operação completa representa um aumento de 28% da capacidade instalada da companhia.

“A construção foi feita em 12 meses, que é um prazo curto para o tamanho da obra, e ver esse empreendimento sendo concluído com tanto sucesso é motivo de muito orgulho”, afirmou Paulo Bombassaro, diretor de Implantação da Ibitu Energia.

“O Caldeirão Grande 2 aumenta nossa geração de energia no estado do Piauí, reforça nosso crescimento em projetos solares e coloca a Ibitu como um dos principais players de geração solar e renovável do Brasil”, destacou.

Segundo a empesa, a usina se conecta na subestação Curral Novo do Piauí 2, a mesma que recebe a energia do parque eólico Caldeirão Grande 1, também da Ibitu, e é o primeiro empreendimento de energia renovável a ter a fonte de geração alterada pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Sobre a Ibitu Energia

A Ibitu possui 970 MW em operação, distribuídos entre cinco complexos eólicos (localizados nos estados do Ceará, Rio Grande do Norte e Piauí), três complexos solares (dois no estado da Bahia e um no Piauí) e duas usinas hidrelétricas, em Minas Gerais e Mato Grosso.

Além disso, conta com um pipeline de novos projetos em desenvolvimento de energia eólica, solar e híbridos, que somam 1,4 GW ao portfólio.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.