17 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Conexão para microgeração está no topo das reclamações recebidas pela ANEEL 

Segundo boletim da Agência, foram mais de 18,3 mil reclamações de integradores e consumidores nos últimos doze meses

Autor: 13 de abril de 2023Brasil
2 minutos de leitura
Conexão para microgeração está no topo das reclamações recebidas pela ANEEL 

Região com o maior volume de reclamações foi a Sudeste. Foto: Divulgação/Enerzee

Nos últimos doze meses, a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) recebeu 18.365 reclamações de integradores e consumidores alegando problemas na conexão de seus sistemas de microgeração.

As informações fazem parte do mais novo relatório da ouvidoria da Agência, que traz dados sobre as principais reclamações registradas pela entidade entre os meses de março de 2022 e 2023.  

Segundo o estudo, houve um crescimento de 34,46% no número de reclamações do tipo em relação ao mesmo período do ano anterior. 

O levantamento também aponta que hoje o número de questionamentos sobre os serviços de conexão de sistemas de microgeração só não é maior que os de falta de energia, que acumularam 38.732 reclamações nos últimos doze meses.

O crescimento dos problemas no segmento levou a Comissão de Defesa do Consumidor a decidir pela realização de uma audiência pública na Câmara dos Deputados para entender por que os brasileiros estão tendo tantas dificuldades para conectarem sistemas fotovoltaicos junto às distribuidoras.

Problemas por região

De acordo com os números apresentados pela ANEEL, a região brasileira com o maior volume de reclamações sobre as conexões de sistemas de microgeração foi a Sudeste, seguida pelo Nordeste, Sul, Centro-Oeste e Norte, conforme ilustrado na imagem abaixo:Alexandre Neves, integrador do estado de Minas Gerais, foi apenas um dos profissionais que emitiram várias reclamações junto à ANEEL ao longo dos últimos doze meses a respeito do tema.

Ele conta que os problemas foram diversos e variam desde dificuldades para emitir orçamentos até indeferimentos de projetos por parte da distribuidora sob alegação de que não há capacidade na rede para instalação de usinas. 

Como exemplo, cita o caso de uma usina de 3 kW no qual a concessionária informou que realizaria a troca de transformador de um cliente em até 60 dias. “A distribuidora não realizou a obra e ainda pediu prorrogação para 120 dias”, conta. 

No fim das contas, Neves revela que seu cliente só conseguiu realizar a troca do equipamento após acionar o Procon (Programa de Proteção e Defesa do Consumidor), uma vez que a distribuidora não faz o serviço em 120 dias.

 

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.