Empréstimo concedido às distribuidoras pelo BNDES será pago pelos consumidores

Cálculos preliminares apontam que o valor do empréstimo do BNDES vai ser de aproximadamente R$ 17 bilhões

O empréstimo concedido pelo BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) às distribuidoras de energia para compensar a queda do consumo durante a pandemia da Covid-19 será pago pelos consumidores. O prazo para a quitação será de 54 a 60 meses e a cobrança será incluída na tarifa.

Cálculos preliminares apontam que o valor do empréstimo do BNDES vai ser de aproximadamente R$ 17 bilhões. O valor deve chegar aos caixas das empresas nas próximas semanas. E, para evitar que os consumidores migrem para o mercado livre para não arcar com a cobrança, o Governo Federal proibirá a migração.

Queda no consumo de energia

O consumo de energia elétrica deve cair 0,9% neste ano no Brasil, segundo dados da 1ª Revisão Quadrimestral de Carga de 2020 para o Planejamento Anual da Operação Energética (2020-2024), realizada pela EPE (Empresa de Pesquisa Energética), em conjunto com a CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica) e o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

A previsão anterior era que o consumo no país tivesse um crescimento de 4,2%. Ao rever a projeção de crescimento, as instituições também estimam uma redução da carga para os próximos anos. A previsão anterior de que o país alcançaria o patamar de 70 mil MW médios de carga neste ano foi postergada para 2021. Como consequência, para o período de 2019 a 2024, a expectativa de crescimento anual foi revista de 3,8% para 2,9%.

Imagem de Ericka Araújo
Ericka Araújo
Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal