5 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Dois terços das empresas globais miram zerar emissões de carbono

BNEF aponta que os maiores emissores de carbono do mundo se comprometeram em reduzir as emissões de gases de efeito estufa

Autor: 4 de outubro de 2021Mundo
Dois terços das empresas globais miram zerar emissões de carbono

Segundo levantamento realizado pela BNEF (BloombergNEF), dois terços das maiores empresas emissoras do mundo estabeleceram uma meta líquida zero de carbono, comprometendo-se a reduzir totalmente ou compensar em um nível equivalente ao que emitem por ano. 

A BNEF estima que, em 2030, 111 das 167 companhias que pertencem ao Climate Action 100+ reduzirão as emissões de gases de efeito estufa em 3,7 bilhões GtCO2 (gigatoneladas de carbono) anualmente.

De acordo com o estudo, os números podem aumentar para 9,8 bilhões GtCO2 até 2050 – um pouco abaixo das atuais emissões de carbono anuais da China e equivalente a mais de um quarto das emissões globais.

“Os vencedores serão aqueles que irão abordar toda a sua cadeia de valor, focar em reduções tangíveis e transformar uma estratégia de zero líquido em uma nova oportunidade de negócio”, disse Kyle Harrison, chefe de pesquisa de sustentabilidade da BNEF.

Os setores de petróleo e gás, por exemplo, representarão mais de um terço, ou 3,4 GtCO2, dessas reduções de emissões planejadas, mais do que qualquer outro segmento. As principais petrolíferas europeias como Shell, Total e BP são algumas das que já se comprometeram a atingir emissões líquidas zero até 2050.

Leia mais: Multinacionais miram renováveis para descarbonizar economia

Outros setores

A BNEF afirmou ainda que, com a pressão dos investidores, tais metas foram influenciadas pelos planos de descarbonização estabelecidos pelos principais clientes das petroleiras. Companhias aéreas como Delta, American e Qantas, bem como as petroquímicas BASF e Dow também estabeleceram suas próprias metas líquidas de zero.

Ademais, a pesquisa relatou que Utilities (2,3 GtCO2), empresas de materiais (2,2 GtCO2) e manufatura (1,4 GtCO2) são os próximos setores definidos para reduzir suas emissões de carbono.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.