1 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Edmond firma parceria para distribuir equipamentos da Kehua no Brasil

A fabricante produz sistemas de armazenamento de energia e gerenciamento de infraestrutura para grandes centros de dados

Autor: 9 de dezembro de 2021Brasil
Edmond firma parceria para distribuir equipamentos da Kehua no Brasil

A fabricante começou a investir no mercado fotovoltaico brasileiro em 2019. Foto: Kehua

A fim de aumentar as opções de compra e atender as expectativas de qualidade do mercado gerador de energia no Brasil, a Edmond firmou parceria com a fabricante Kehua Tech, especializada na produção de  inversores e equipamentos para armazenamento de energia. 

“Esse atendimento, em conjunto com a nossa exclusiva plataforma AppSolar, que reúne recursos para os integradores solares orçarem e desenharem projetos de energia solar em tempo real, eleva a qualidade, confiabilidade e a rapidez dos processos de vendas. Mais uma vez, saímos na frente para oferecer o que há de melhor em projetos para geração de energia renovável”, destaca Jackson Chirollo, CEO da Edmond.

Atualmente, a Kehua fabrica sistemas de armazenamento de energia e gerenciamento de infraestrutura para grandes centros de dados.

“Queremos somar a expertise da Kehua Tech, com a inovação que a Edmond está trazendo para o setor de energia solar, em meios de pagamentos 100% digitais e serviços bancários especializados, para construirmos um ecossistema de ofertas completo e de alta qualidade”, acrescenta Chirollo.

Todos os inversores da Kehua contam com plataforma de monitoramento da energia gerada, por meio do app WiseSolar Plus, disponível para Android e iOS, ou pela aplicação para desktops, EnergyCloud. Os inversores strings da Kehua Tech possuem ampla gama de potência, e contam com recursos exclusivos que reduzem os custos de instalação.

Kehua investe no Brasil

A fabricante começou a investir no mercado fotovoltaico brasileiro em 2019, ofertando seus  equipamentos compostos por inversores string e inversores centralizados com uma faixa de potência que varia entre 1 kW e 6,8 MW. 

A fim de atender toda a demanda do mercado, a Kehua anunciou ano passado o aumento da produção. Em 2020, construiu uma nova oficina inteligente e multifuncional para produzir produtos e sistemas fotovoltaicos e ESS (sistemas de armazenamento de energia) acima de 500 kW. A estrutura possui uma plataforma de teste para a testagem de produtos com nível de potência de 6,25 MW em temperatura constante ajustável de 30 a 60 ℃.l

Em 2021 a empresa prevê a construção de uma oficina para produtos do tipo contêiner ESS e pré-fabricado de data center. A oficina está com capacidade para testagem em alta tensão de 35 kV / 10 kV e sistema de bateria de lítio, e a capacidade anual deve chegar a 15 GW.

A empresa também construiu um novo laboratório para testes de confiabilidade para seus produtos de energia renovável, os testes são para todos os modelos com capacidade de potência entre 3 kW e 12,5 MW.

O laboratório também integra as funções de comunicação remota, teste remoto, controle remoto, temperatura e umidade ajustáveis e segurança. A capacidade de produtos testados pela Kehua ultrapassou 4 GW. 

Atualmente, a fabricante possui um escritório no Brasil, um centro de atendimento de pós-venda e um depósito local de peças de reposição em cidade de Sorocaba (SP), além disso, a Kehua possui parceiros de serviços autorizados terceirizados no Paraná, Espírito Santo e Pernambuco para fornecer suporte e serviços para os seus clientes.

Ericka Araújo

Ericka Araújo

Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT (Sociedade Brasileira de Medicina Tropical) e o Prêmio FEAC de Jornalismo. Já atuou como repórter e apresentadora da Rádio Brasil Campinas. Formada pela PUC Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.