9 de maio de 2021

Carrinho

Empresário investe em autoconsumo remoto e economiza R$ 8 mil por mês

A economia de R$ 8 mil mensal foi alcançada devido à instalação de um sistema fotovoltaico de 95,880 kWp

Autor: 25 de novembro de 2020abril 13th, 2021Brasil
Empresário investe em autoconsumo remoto e economiza R$ 8 mil por mês

Há seis meses o Supermercado Bedin, em Chapecó (SC), reduziu sua conta de energia de R$ 12 mil para R$ 4 mil por mês. A economia de R$ 8 mil mensal foi alcançada devido à instalação de um sistema fotovoltaico de 95,880 kWp em uma fazenda no município de Nova Itaberaba, localizado a 37 km do estabelecimento.

O sistema conta com 282 painéis solares da Risen de 340 Wp, quatro inversores da Renovigi, sendo um trifásico de 60 kW e três monofásicos de 5 kW. O investimento total foi de R$ 260 mil com apoio de financiamento.

O payback estimado é de três anos. Segundo Tiago Bedin, administrador do supermercado e dono da fazenda de Itaberaba, a impossibilidade de instalar o sistema no supermercado, devido à estrutura não ser adequada, foi a melhor solução encontrada foi utilizar o terreno disponível na fazenda.

“Há dois anos tivemos o primeiro contato com a energia solar e solicitamos um orçamento, mas o telhado do supermercado era pequeno e não suportaria um sistema fotovoltaico de acordo com a nossa necessidade. Como solução, lembrei da fazenda que estava parada em Itaberaba, que tinha a intenção de criar gado. Resolvemos adequar e construir uma estrutura para comportar um sistema e passamos a gerar energia no campo para creditar na cidade”, explica o empresário.

Além do supermercado Bedin, o sistema também supre a necessidade da fazenda onde o consumo ocorre em menor quantidade. De acordo com Lucas José Frizon, diretor da Domuss Energia Solar de Chapecó, credenciada da Renovigi e responsável pelo projeto, a energia gerada pelo sistema supre 80% do consumo da fazenda e do supermercado.

“Esboçamos um modelo de até 75 kW onde a concessionária efetuou o serviço com os ajustes adequados. Posterior, iniciamos a instalação e dentro de um mês o sistema estava funcionando. O cliente já sinalizou o interesse em aumentar a quantidade de módulos para atingir a geração máxima, de até 95% de economia”, finalizou Frizon.

Autoconsumo remoto

O procedimento adotado pelo empresário Bedin, de gerar energia em um local e compensar na conta de luz de outro lugar, é chamado de autoconsumo remoto, validado pela REN 687 (Resolução Normativa n.º 687/2015) da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Entretanto, para que isso ocorra Vanderleia Ferraz, engenheira eletricista da área de suporte técnico da Renovigi, esclarece que existem algumas exigências. “Essa modalidade só se enquadra nos sistemas fotovoltaicos On-grid (conectados à rede). Além disso, é necessário que as unidades consumidoras tenham a mesma titularidade e estejam dentro da área de concessão da mesma distribuidora”, explicou Vanderleia.

Vitória Gomes

Vitória Gomes

Jornalista com experiência em reportagens diárias e edição de áudio. Graduanda em Comunicação Social na PUC-Campinas.

Comentar