24 de maio de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.98GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 10,7W

Enel usa drones com inteligência artificial para inspecionar usinas

Ao total, foram investidos R$ 2 milhões no projeto, que está em fase de testes no Brasil

Autor: 2 de fevereiro de 2021fevereiro 4th, 2021Brasil
Enel usa drones com inteligência artificial para inspecionar usinas

Inspecionar redes de transmissão, de distribuição e usinas solares e eólicas por meio de drones com software integrado. Este é o objetivo da Enel, que iniciou testes com esta tecnologia no Brasil. 

De acordo com a empresa, o equipamento possui inteligência artificial embarcada que analisa, em tempo real, as imagens coletadas, contribuindo assim para tornar mais eficiente a manutenção preventiva de ativos de distribuição e geração.

Ademais, os equipamentos ajudarão a reduzir as interrupções no fornecimento de energia e aumentar o nível de disponibilidade das plantas para o sistema elétrico.

O projeto está sendo desenvolvido pela Horus, empresa participante do Energy Start – programa de incentivo a startups da Enel no Brasil – e é financiado com recursos do programa de P&D (Pesquisa & Desenvolvimento) da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). Ao total, foram investidos aproximadamente R$ 2 milhões.

Nesta primeira etapa, as aeronaves estão sendo utilizadas para avaliar as redes de média e alta tensão das distribuidoras da Enel nos estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Goiás e Ceará. 

Atualmente, a companhia já emprega drones para inspeções de campo, mas a tecnologia atual não conta com sistema de inteligência artificial e o processo de análise de imagens ainda é manual.

Drones no setor solar

No setor de energia solar, essas aeronaves são essenciais para identificar falhas nos painéis por meio de inspeção visual, auxiliar a instalação dos sistemas e até encontrar a origem dos problemas com modelos mais sofisticados que analisam dados termográficos. 

Segundo Henrique Freitas, um dos responsáveis pela DJI no Brasil junto à Go Solar, da Golden Distribuidora, os drones mitigaram significativamente o tempo para a identificação de problemas, mantendo o sistema fotovoltaico em plena operação. 

“Para uma análise mais complexa, há drones com inspeção visual e mapeamento 2D e 3D. Esse equipamento, por meio do uso combinado com softwares, consegue transformar imagens simples em 3D, ou seja, em fotos georreferenciadas. Assim, é possível medir distâncias de áreas e volumes de forma precisa”, explicou Freitas.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.