5 de julho de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5.09GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 11,3W

Energia fotovoltaica irá gerar mais de mil empregos no Ceará

Parceria entre o governo do estado e a Lightsource BP viabilizará a construção de duas usinas solares

Autor: 1 de fevereiro de 2021outubro 28th, 2021Brasil
Energia fotovoltaica irá gerar mais de mil empregos no Ceará

O governo do Ceará e representantes da subsidiária da companhia britânica British Petroleum no Brasil, a Lightsource BP, se reuniram em janeiro para alinhar detalhes da implantação de um projeto sustentável no interior estado.  De acordo com o governo estadual, serão construídas duas usinas solares fotovoltaicas, com previsão de operação comercial em 2022. Ao total, os projetos, na fase das obras, vão gerar 1,4 mil empregos diretos. A primeira unidade, localizada em Milagres, terá capacidade de 202 MW e receberá um investimento de R$ 600 milhões. Já o parque do município de Icó terá 265 MW de potência e um aporte de R$ 820 milhões.  Segundo Maia Júnior, secretário de Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Ceará, a cadeia de energias renováveis é muito bem estruturada no estado.  “Esses empreendimentos já possuem licença de instalação aprovada pela Semace (Superintendência Estadual do Meio Ambiente) e a previsão é entregar energia no ano de 2022/2023”, disse Júnior. 

Energia solar no Ceará

De acordo com dados da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), o Ceará está na 9ª colocação do ranking estadual de geração distribuída fotovoltaica com 155 MW de potência – o que representa 3,5% da capacidade total do Brasil. 

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de dois anos, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.