14 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,4GW

Energia solar é a nova tendência na construção civil, diz incorporadora

Setor tem o desafio de descarbonizar o consumo de energia e atender aos clientes que desejam construções mais sustentáveis

Autor: 6 de outubro de 2023Mercado
4 minutos de leitura
Energia solar é a nova tendência na construção civil, diz incorporadora

Eduarda Tolentino, sócia e presidente do Conselho de Administração da BRZ

A energia solar é a nova tendência na construção civil. A afirmação é de Eduarda Tolentino, sócia e presidente do Conselho de Administração da incorporadora BRZ, que atua no mercado imobiliário desde 2010, com sede em Belo Horizonte, Minas Gerais.

“Isso ocorre devido ao aumento do foco na sustentabilidade e na redução das emissões de carbono. Além disso, a queda nos custos das tecnologias solares tornou a energia solar uma opção mais acessível e atraente para incorporadores e proprietários de edifícios”, disse a executiva em entrevista ao Canal Solar.

A construção civil, tão fundamental para a sociedade, tem um grande desafio para descarbonizar o setor energético. No mundo, o consumo de energia elétrica representou 38% das emissões de CO2 da construção civil em 2019, segundo dados da Organização das Nações Unidas.

Por outro lado, os consumidores estão cada vez mais preocupados com o impacto das suas ações no planeta e por isso passou a valorizar construções que causem um menor dano ao meio ambiente e que convivam em harmonia com a natureza.

Uma pesquisa de 2022, realizada pela ABRAINC (Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias), revelou que 58% dos respondentes estariam dispostos a pagar mais por um imóvel com tecnologia verde. E 80% dos entrevistados têm o meio ambiente entre as prioridades na hora de comprar um imóvel.

“Sim, muitos clientes estão dispostos a pagar mais por edifícios sustentáveis devido aos benefícios a longo prazo, como economia de energia e impacto ambiental reduzido. Além disso, edifícios sustentáveis podem oferecer um retorno significativo sobre o investimento ao longo do tempo”, disse Tolentino.

Nesse sentido, a energia solar é uma grande aliada das construtoras, principalmente devido aos benefícios ambientais e econômicos que ela oferece para as construções. A energia solar é uma fonte de energia limpa e renovável, portanto, contribui para a redução das emissões de gases de efeito estufa e dos impactos ambientais associados à geração de eletricidade.

Segundo a executiva, é frequente a energia solar desempenhar um papel importante na obtenção de certificações de construções sustentáveis, como LEED (Leadership in Energy and Environmental Design) e BREEAM (Building Research Establishment Environmental Assessment Method), pois contribui para a eficiência energética.

A presença da energia solar valoriza um imóvel, pois aumenta a segurança energética, o conforto e ainda contribui para o meio ambiente. Apesar de todo esse apelo, Tolentino conta que a oferta de crédito para construções sustentáveis no Brasil ainda é relativamente baixa em comparação com países mais desenvolvidos.

“Embora tenha havido avanços importantes, como programas governamentais que incentivam práticas sustentáveis e a criação de linhas de crédito especiais para projetos verdes, o acesso a financiamento sustentável ainda é limitado, principalmente para construções do segmento econômico, onde precisa haver um investimento maior por parte das construtoras”, avaliou.

Confira algumas das aplicações da energia solar na construção civil

Os painéis podem ser instalados em telhados e fachadas para gerar eletricidade sem ocupar espaço adicional, aumentando a autonomia energética do imóvel e reduzindo os custos com eletricidade.

A energia solar pode ser utilizada para alimentar sistemas de iluminação em áreas externas e internas, como jardins, estacionamentos e espaços comuns. A energia solar pode ser usada para alimentar sistemas de climatização, reduzindo o consumo de eletricidade convencional.

Você sabe o que é Building Applied PV system, Building Integrated PV system ou Zero Energy Building?

Um Zero Energy Building é um edifício que produz, ao longo de um ano, a mesma quantidade de energia que consome, resultando em um equilíbrio energético líquido zero. Isso é alcançado por meio de eficiência energética e geração de energia renovável, como a solar.

Um Building Applied PV system refere-se a painéis solares que são aplicados ou montados sobre a estrutura do edifício, como no telhado.

Já um Building Integrated PV system envolve a incorporação dos painéis solares diretamente no design arquitetônico do edifício, como painéis de vidro transparente ou painéis solares em fachadas.

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

2 comentários

  • Marcio disse:

    muito bia a matéria, muito inspirador, meus parabéns pela dedicação pela energia renováveis

  • Paulo Eduardo de Oliveira disse:

    Bom dia a todos
    Parabéns Wagner Freire pelo seu trabalho e também pela Sra Eduarda Tolentino da BRZ pela explanação e conciencia da importância de termos produtos mais sustentáveis a serem ofertados aos Clientes e para o bem do nosso Planeta.
    Muito Obrigado

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.