29 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Energia solar no Brasil fica 31% mais barata em um ano, aponta Solfácil

Segundo a pesquisa, a redução foi motivada pela queda do preço dos equipamentos solares, dólar e importação dos fretes

Autor: 9 de fevereiro de 2024Indicadores
3 minutos de leitura
Energia solar no Brasil fica 31% mais barata em um ano, aponta Solfácil

Foto: Freepik

O preço médio da energia solar no Brasil caiu 31% no ano anterior em relação ao ano de 2022. É o que aponta o estudo Radar Solfácil.

O valor, que era de R$ 4,22 por Wp no último trimestre de 2022, caiu para R$ 2,91 por Wp no último trimestre de 2023.

A redução foi motivada pela queda do preço dos equipamentos solares, dólar e importação dos fretes. Apenas no último trimestre do ano passado, a redução foi de 8%.

Todos os estados do Brasil registraram queda no preço médio da energia solar no último ano. Segundo o indicador, os estados com as maiores quedas foram: Sergipe (39%), Alagoas (35%), Paraíba (33%), Rio Grande do Norte (32%) e Maranhão (32%).

Por região

Na região Norte, o valor médio registrado no fim de 2023 foi de R$ 3,5 Wp por potência instalada . O valor é menor se comparado com o fim de 2022, que foi  R$ 4,31 Wp, uma redução de 29%.

Na região Nordeste, o valor médio chegou a R$ 2,92 Wp no fim do ano passado, uma redução de 31,7%, que antes era de R$ 4,26 Wp, em comparação com 2022.

O estudo afirma que, mesmo com o preço da média nacional, as condições geográficas tornam o Nordeste uma das regiões mais vantajosas para se investir em energia solar.

Já o Centro-Oeste, apresentou no fim de 2023 o valor médio por potência instalada de R$ 2,77 Wp, uma redução de 32% em relação ao ano de 2022, quando era de R$ 4,07 Wp. Segundo a Solfácil, é a região com o valor médio mais barato do Brasil.

A região Sudeste permanece como a segunda região mais barata do Brasil, com o preço médio por potência instalada de R$ 2,88 Wp em 2023. A região teve uma redução de 31% no preço em comparação com o ano de 2022, antes era de R$ 4,20 Wp.

Já o Sul, registrou um valor médio de R$ 2,99 Wp por potência instalada. Em relação ao ano de 2022, que foi de R$ 4,15 Wp, a região registrou uma redução de 28%.

Preço médio da energia solar no 4º trimestre de 2023 por estados e porte de projeto

Fonte: Solfácil

Preço médio da energia solar no 4º trimestre de 2022 por estados e porte de projeto

Fonte: Solfácil

Atratividade

Para Fabio Carrara, CEO e fundador da Solfácil, a redução de preços da energia solar é uma boa notícia para os consumidores brasileiros, que estão enfrentando uma alta nos preços da energia elétrica.

Segundo ele, com preços mais acessíveis, mais pessoas poderão adotar a energia solar como uma fonte limpa e econômica. “Nunca foi tão viável ter um sistema de energia solar em casa. Os preços dos equipamentos solares têm caído aceleradamente nos últimos meses”, disse ele.

Assista: Fabio Carrara – Fundador e CEO da Solfácil | Papo Solar #90

“Além disso, a queda da taxa Selic também tem permitido que mais pessoas tenham energia solar em casa, pois o financiamento fica mais barato e acessível”, complementou o executivo.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Yvana Leitão

Yvana Leitão

Produtora do Podcast Papo Solar. Possui experiências em matérias jornalistas para revista e para site, e entrevistas. Graduanda em jornalismo pela Escola Superior de Administração, Marketing e Comunicação de Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.