16 de agosto de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 5,61GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 12,2W

Equinor irá destinar 50% dos aportes para renováveis

Empresa tem como meta se tornar neutra em carbono até 2050, incluindo as emissões da produção e do consumo final

Autor: 15 de junho de 2021Mundo
Equinor irá destinar 50% dos aportes para renováveis

A petrolífera Equinor anunciou, em nota divulgada nesta terça-feira (15), que vai destinar mais de 50% dos aportes para geração de energia renovável até 2030. Atualmente, o segmento corresponde por 4% do portfólio da empresa. 

A companhia, que tem como meta se tornar neutra em carbono até 2050, disse que espera investimentos brutos em fontes sustentáveis de US$ 23 bilhões de 2021 a 2026 – atingindo uma capacidade instalada de 12-16 GW nos próximos dez anos. 

“Esta é uma estratégia de negócios para garantir a competitividade de longo prazo em um período de profundas mudanças nos sistemas energéticos, à medida que a sociedade caminha para o zero líquido”, afirmou Anders Opedal, CEO da Equinor.

Saiba mais: Empresas norueguesas investem no RN para instalação de usina solar

“Continuaremos reduzindo as emissões e, a longo prazo, a Equinor espera produzir menos petróleo e gás do que hoje, reconhecendo a redução da demanda. O crescimento significativo em renováveis e soluções de baixo carbono aumentará o ritmo de mudança para 2030 e 2035”, destacou Opedal.

Ademais, a empresa ressaltou que a transição energética representa uma oportunidade para criar novas cadeias de valor e mercados. Em 2035, por exemplo, a ambição da mesma é desenvolver a capacidade de armazenar 15-30 milhões de toneladas de CO₂ por ano e fornecer hidrogênio limpo em 3-5 clusters industriais.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.