24 de outubro de 2021

Especialista aponta vantagens das luminárias solares

Engenheiro da L8 destaca que a iluminação pública fotovoltaica cresce anualmente 30% no mundo

Autor: 3 de junho de 2021Tecnologia e P&D
Especialista aponta vantagens das luminárias solares

“O Brasil é um local que tem um grande espaço para ser explorado”. Essa é a afirmação de Weliton da Maia, engenheiro de campo na L8 Energy, com relação ao crescimento das luminárias solares no país. 

Durante webinário realizado na última terça-feira (1) pelo Canal Solar, o especialista discorreu sobre o assunto e destacou que a iluminação pública fotovoltaica está acelerando no mundo com uma expansão anual de 30%. 

“É a maneira mais eficiente de trazer segurança e desenvolvimento para cerca de 2 bilhões de pessoas que vivem fora da rede. Esse é um dado interessante, pois a IEA (Agência Internacional de Energia) traz que mais de 10% das pessoas não estão conectadas à rede elétrica”, relatou. 

Além disso, Maia comentou sobre as características do equipamento, enfatizando que o mesmo é ecologicamente correto. “Por não precisar realizar grandes obras, abrir trincheiras, conectar uma unidade consumidora para usufruir da eletricidade, você tem uma boa economia, um custo de infraestrutura muito menor”. 

Saiba mais: L8 traz vidro e luminária solar para mercado fotovoltaico no Brasil

Outro ponto positivo ressaltado por ele é que as luminárias que a L8 comercializa possuem um gerenciamento de iluminação inteligente. “Durante todo o funcionamento no ano, todos os dias, há uma inteligência artificial trabalhando para gerenciar a energia”. 

“O produto tem ainda a maior vida útil da indústria no mercado, a instalação é fácil – menos de cinco minutos – e não utiliza baterias de chumbo ácido, danosas ao meio ambiente”, acrescentou. 

Aplicações

De acordo com o engenheiro, as luminárias solares podem ser aplicadas em estradas, desde vias rápidas, secundárias até residenciais, bem como parques, campos esportivos, áreas industriais, aldeias rurais, etc.

“Para quem tem o feeling mais estético é um produto interessante também. Em condomínios de alto padrão, por exemplo, que precisam ter um tipo de iluminação específica, conseguimos trabalhar com uma gama de equipamentos”, disse. 

“Uma aplicação que quero chamar atenção é em fazendas fotovoltaicas. Se você já está investindo em solar, por que não utilizar esses recursos das luminárias? No aspecto econômico de payback, inclusive, faz bastante sentido. Quando você não precisa construir uma estrutura elétrica, esse retorno de investimento é quase que imediato, variando de projeto para projeto”, ressaltou o especialista. 

Componentes da luminária solar

Segundo Weliton da Maia, existem quatro componentes principais: 

  • Módulo fotovoltaico. “Não possui um frame de alumínio, justamente por uma questão de estética e armazenamento de água. O mesmo tem uma patente específica para refrigeração do sistema”;
  • Bateria de níquel-hidreto metálico;
  • Controle inteligente – elemento responsável pelo carregamento da bateria, que faz todo o gerenciamento de energia. Verifica qual a potência necessária para conseguir ter uma autonomia aumentada;
  • Módulo led de alto desempenho. Eficiência de 175 LM/W – “altíssima nos padrões de iluminação pública”.
Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Um comentário

Comentar