21 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,4GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

GD solar atinge 5 GW de potência instalada no Brasil em 2022

Volume contabilizado pelo segmento já é o maior registrado em apenas um único ano

Autor: 26 de outubro de 2022outubro 31st, 2022Indicadores
2 minutos de leitura

A GD (geração distribuída) de energia solar ultrapassou os 5 GW de potência instalada no Brasil em 2022, segundo dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica). A marca foi alcançada no começo da tarde desta quarta-feira (26). 

Mesmo ainda faltando pouco mais de dois meses para o final de 2022, esse já é o melhor resultado registrado pela geração própria de energia solar em apenas um único ano, superando os 4,44 GW que foram contabilizados ao longo dos 12 meses de 2021. 

Até o momento, o segmento já adicionou pouco mais de 520 mil sistemas neste ano, beneficiando quase 678 mil UCs (unidades consumidoras). 

De acordo com a ANEEL, mais da metade da potência instalada entre janeiro e outubro é fruto de conexões residenciais (2,8 GW). 

Na sequência, aparecem os estabelecimentos comerciais (1,1 GW), as propriedades rurais (721 MW) e o setor industrial (238 MW). 

Os estados de São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul foram os que lideraram o avanço da GD solar no ano, com 707 MW, 620 MW e 528 MW, respectivamente. 

Leia também:

Já entre os municípios, o destaque é Florianópolis (SC), com 250 MW instalados – quase cinco vezes mais potência do que Brasília (DF), que ocupa a segunda colocação geral, com 52,2 MW.

Uma das questões que ajudam a explicar a expansão da GD em menos de 10 meses é a criação da Lei nº 14.300, que prevê a mudança dos critérios de compensação para os consumidores que solicitarem conexão à rede a partir de 2023.

Ao todo, somando todos os registros anuais, a geração própria de energia solar acumula pouco mais de 14 GW de potência instalada. Os dados são contabilizados oficialmente pela ANEEL desde dezembro de 2008. 

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.