28 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,83GW

Geração de energia registra alta em julho, aponta CCEE

As fontes eólicas e fotovoltaicas também registraram elevação, crescendo, respectivamente, 10,5%

Autor: 12 de agosto de 2020outubro 2nd, 2020Setor Elétrico
Geração de energia registra alta em julho, aponta CCEE

A geração de energia no mês de julho apresentou crescimento, na comparação anual, pela primeira vez desde novembro do ano passado, segundo dados da CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica).

Embora a alta seja ainda modesta, de 0,3% – chegando a 61.708 MW médios – o resultado pode ser considerado como parte dos sinais de um início de retomada da economia, a partir do retorno de algumas atividades em várias regiões do Brasil e da flexibilização das medidas de distanciamento social impostas pela pandemia da Covid-19.

De acordo com a CCEE, o destaque ficou para as hidrelétricas, que ampliaram a produção em 10% frente ao mesmo período de 2019, somando 44.217 MW médios.

As fontes eólicas e fotovoltaicas também registraram elevação, crescendo, respectivamente, 10,5% para 7.809 MW médios devido à sazonalidade, e 34,3% para 717 MW médios solares, puxado pelo aumento da base instalada.

Já a geração termelétrica teve queda de 34,8%, recuando para 8.964 MW médios. Enquanto as usinas a biomassa tiveram alta de 3,5%, passando de 4.332 MW médios para 4.485 MW, beneficiadas pela safra da cana-de-açúcar – que eleva a produção do bagaço.

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.