17 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Geração solar centralizada cresce 45,7% na primeira quinzena de outubro

Por outro lado, houve redução de 18,4% na produção de energia termelétrica

Autor: 23 de outubro de 2023Indicadores
1 minutos de leitura
Geração solar centralizada cresce 45,7% na primeira quinzena de outubro

Foto: Pixabay

A produção de energia solar centralizada somou 2.840 MWmed na primeira quinzena de outubro, representando um crescimento de 45,7% na comparação com o mesmo período de 2022, quando foram gerados 1.943 MWmed. Os dados são da CCEE (Câmara de Comercialização de Energia Elétrica).

Segundo a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), a solar centralizada representa 5,40% da matriz elétrica brasileira, com 10,5 GW de potência fiscalizada.

As hidrelétricas, por sua vez, geram 46.784 MWmed no período, crescimento de 9,1%. A geração eólica ficou praticamente estável, com 13.770 MWmed (0,7%). Destaque para o desempenho das termelétricas, cuja produção caiu -18,4%, para 7.283 MWmed.

Consumo de energia

O boletim quinzenal da CCEE também mostra que o consumo nacional de energia elétrica foi de 67.697 MWmed, o que representa uma alta de 4,2% ou 2.740 MWmed a mais do que na primeira quinzena de outubro de 2022. Destaque para as variações positivas nos estados do Acre (25,8%), Maranhão (19%), Mato Grosso (17,8%) e Amazonas (16,6%).

Wagner Freire

Wagner Freire

Wagner Freire é jornalista graduado pela FMU. Atuou como repórter no Jornal da Energia, Canal Energia e Agência Estado. Cobre o setor elétrico desde 2011. Possui experiência na cobertura de eventos, como leilões de energia, convenções, palestras, feiras, congressos e seminários.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.