25 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,81GW

Gigantes da tecnologia anunciam expansão de contratos de energia solar fotovoltaica

Essas expansões mostram um avanço na adoção de fontes renováveis pelas principais empresas americanas

Autor: 2 de agosto de 2019outubro 3rd, 2020Mundo
Gigantes da tecnologia anunciam expansão de contratos de energia solar fotovoltaica

Gigantes da tecnologia Microsoft e Amazon, que ocupam a segunda e terceira posição das companhias de maior valor de mercado, anunciaram essa semana que irão expandir a compra de energia proveniente de usinas solares fotovoltaicas. A última expansão da Amazon adicionou mais 23,2 MW de fonte solar e 45 MW vindos de fonte eólica. Com isso, o líder em varejo nas américas totalizará 66 usinas e 1,342 MW de potência de fontes renováveis.

Já a Microsoft adicionou a seu portfólio 150 MW num acordo com o fabricante americano de painéis de filme fino First Solar. A empresa alega que a tecnologia escolhida para os painéis da planta a ser instalada tem uma pegada de carbono seis vezes menor do que os painéis convencionais. A previsão é que essa nova adição deixe de gerar 190 mil toneladas de CO2 por ano, o equivalente a 37,000 carros a menos. Ainda há o benefício indireto de melhora na qualidade do ar, que deve reduzir $12,5 milhões de dólares de gastos com saúde por ano.

Figura 1. Painéis de filme fino de tecnologia CdTe do fabricante First Solar.

Essas expansões mostram um avanço na adoção de fontes renováveis pelas principais empresas americanas. Isso mostra que o preço da energia solar já é competitivo, e que há um movimento para associar a marca com fontes renováveis. O ranking com as 10 empresas que mais adotaram a energia solar e as potências contratadas por elas é mostrado abaixo.

Tabela 1. Ranking das 10 empresas com maior potência contratada em solar até o ano de 2018.

A somatória da potência das 5 primeiras empresas do ranking já é maior do que toda a potência em geração distribuída no Brasil. Isto mostra que o país ainda tem muita possibilidade de expansão, e que as empresas em território nacional ainda têm muito a ganhar ao investir em energia solar fotovoltaica.

Canal Solar

Canal Solar

Equipe de Engenharia do Canal Solar

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.