27 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,82GW

Relatório aponta crescimento de importações de módulos e de número de sistemas conectados no Brasil

O estudo traz como destaque o crescimento do volume de módulos e inversores importados

Autor: 1 de agosto de 2019outubro 3rd, 2020Mundo
Relatório aponta crescimento de importações de módulos e de número de sistemas conectados no Brasil

A empresa de pesquisa de mercado Greener disponibilizou um novo relatório reportando o status do setor de energia solar fotovoltaica no país. O relatório traz os dados atualizados  de importação e preços praticados pelo mercado para o segundo semestre de 2019.

O estudo traz como destaque o crescimento do volume de módulos e inversores importados, que ultrapassaram a marca de 1,2 GW somente no primeiro semestre do ano. 

A importação de inversores cresceu 154% em relação ao primeiro semestre de 2018, caminhando assim para um novo recorde.

Relatório aponta crescimento de importações de módulos e de número de sistemas conectados no Brasil

Figura 1. Crescimento da importação de módulos e inversores no primeiro semestre de 2018 e 2019. Fonte: Greener.

O estudo também mostra a evolução do preço de módulos e sistemas para clientes finais. As novas tecnologias e aumento da capacidade produtiva das fábricas trouxe uma queda significativa no preço por Watt desde o início de 2018. O gráfico abaixo ilustra o preço por Watt na modalidade FOB em dólares, isto é, o preço do produto no seu país de origem, sem levar em conta impostos de importação, seguro e frete.

Figura 2. Queda de preços de módulos durante o período de apuração do estudo. Fonte: Greener.

A queda no preço dos módulos também teve influência no preço para o consumidor final. O gráfico abaixo compila a evolução dos preços por faixa de potência através dos anos.

Figura 3. Evolução histórica de preço médio final pago pelo cliente. Fonte: Greener.

Há também uma redução no custo de integração dos sistemas. Essa redução pode ser explicada pelo ganho de eficiência e escala na elaboração e execução de projetos. O aumento de competitividade no setor fotovoltaico também faz com que o custo tenda a diminuir ao longo dos anos, como ilustrado no gráfico abaixo.

Figura 4. Redução do preço de integração de sistemas fotovoltaicos. A alta competitividade no setor vem puxando os preços para baixo. Fonte: Greener.

Por fim, o estudo compilou os dados dos sistemas conectados à rede fornecidos pela ANEEL, mostrando a taxa de crescimento expressiva entre o primeiro semestre de 2019 em relação ao ano inteiro de 2018.

Com essa expansão da importação e de novas conexões de sistemas fotovoltaicos, o país deve finalmente alcançar a marca de 1 GW em potência instalada na modalidade de Geração Distribuída.

Figura 5. Crescimento de instalações fotovoltaicas por estado. A taxa de crescimento diz respeito ao primeiro semestre de 2019 em relação ao ano completo de 2019. Fonte: Greener.

Veja o estudo na íntegra em:

https://bit.ly/30aJrY1

https://bit.ly/3iZuwHA

Canal Solar

Canal Solar

Equipe de Engenharia do Canal Solar

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.