Governo do TO instalará usina FV flutuante para atender produtores rurais

O planejamento está sendo realizado pela Seagro (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura)
Governo do TO instalará usina FV flutuante para atender produtores rurais

O uso da energia solar tem se tornado cada vez mais necessário, seja pela redução dos custos de produção ou pela garantia do abastecimento de energia de forma sustentável. Por este motivo, o estado de Tocantis está planejando a instalação de um projeto de energia solar, visando atender, principalmente, produtores rurais no campo.

O projeto consiste na instalação de usina fotovoltaica flutuante. Essa é uma técnica que visa instalar sistemas fotovoltaicos sob a superfície de lugares alagados, como estações de tratamento de águas residuais, lagos e represas de usinas hidroelétricas.

O planejamento está sendo realizado pela Seagro (Secretaria da Agricultura, Pecuária e Aquicultura), o Ruraltins (Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins) e a empresa LM.

Para Thiago Dourado, presidente do Ruraltins, a intenção é promover a produção de energia sustentável, econômica e sem causar impacto à natureza.

“A energia solar é uma alternativa viável e sustentável, pois além de reduzir gastos, possibilita a geração de energia para diversas atividades no campo, e aparece como mais uma alternativa com potenciais ganhos. Vamos em busca de incentivos para grandes, médios e pequenos produtores e acurar os benefícios desta tecnologia”, ressaltou.

Carlos Alberto Júnior, analista ambiental da LM, acrescentou que, nos últimos anos, a procura pela energia solar tem sido constante por apresentar vantagens na redução de custo, ganho e lucro para elevar o nível de produção.

“Além disso, a solar pode ser útil em diversas atividades como, por exemplo, em bombeamento para irrigação na hortifrúti, irrigação no plantio, ordenha bovina, manutenção de silos, trituração de ração animal e energia elétrica em geral para ambiente na casa”, enfatizou.

Imagem de Ericka Araújo
Ericka Araújo
Head de jornalismo do Canal Solar. Apresentadora do Papo Solar. Desde 2020, acompanha o mercado fotovoltaico. Possui experiência em produção de podcast, programas de entrevistas e elaboração de matérias jornalísticas. Em 2019, recebeu o Prêmio Jornalista Tropical 2019 pela SBMT e o Prêmio FEAC de Jornalismo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal