Interligação de localidades isoladas ao SIN vai gerar economia de R$ 5,9 bilhões

Em Rondônia, são previstos investimentos de R$ 655 milhões para a construção de novos sistemas de distribuição
1 minuto(s) de leitura

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, assinou Portarias determinando a realização de obras de linhas de transmissões para promover a interligação de sistemas isolados dos estados de Rondônia, do Acre e do Pará ao SIN (Sistema Interligado Nacional).

De acordo com o MME (Ministério de Minas e Energia), a iniciativa vai reduzir significativamente a geração a óleo diesel nessas regiões. A economia estimada para a CCC (Conta de Consumo de Combustíveis) nos próximos 15 anos é de R$ 5,9 bilhões, beneficiando cerca de 589 mil brasileiros.

Em Rondônia, são previstos investimentos de R$ 655 milhões para a construção de novos sistemas de distribuição, beneficiando em torno de 186 mil rondonienses. A redução estimada na CCC é de R$ 1,7 bilhão.

No estado do Acre, serão investidos R$ 93,4 milhões, o que beneficiará cerca de 17 mil acreanos – a redução estimada é de R$ 1,8 bilhão nos dispêndios da CCC. Já no estado do Pará, serão R$ 547 milhões investidos, beneficiando em torno de 386 mil paraenses, com uma redução na CCC de R$ 2,4 bilhões de reais

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal