27 de janeiro de 2022
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 4.63GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 8,82GW

Interligação de localidades isoladas ao SIN vai gerar economia de R$ 5,9 bilhões

Em Rondônia, são previstos investimentos de R$ 655 milhões para a construção de novos sistemas de distribuição

Autor: 10 de junho de 2020outubro 1st, 2020Setor Elétrico
Interligação de localidades isoladas ao SIN vai gerar economia de R$ 5,9 bilhões

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, assinou Portarias determinando a realização de obras de linhas de transmissões para promover a interligação de sistemas isolados dos estados de Rondônia, do Acre e do Pará ao SIN (Sistema Interligado Nacional).

De acordo com o MME (Ministério de Minas e Energia), a iniciativa vai reduzir significativamente a geração a óleo diesel nessas regiões. A economia estimada para a CCC (Conta de Consumo de Combustíveis) nos próximos 15 anos é de R$ 5,9 bilhões, beneficiando cerca de 589 mil brasileiros.

Em Rondônia, são previstos investimentos de R$ 655 milhões para a construção de novos sistemas de distribuição, beneficiando em torno de 186 mil rondonienses. A redução estimada na CCC é de R$ 1,7 bilhão.

No estado do Acre, serão investidos R$ 93,4 milhões, o que beneficiará cerca de 17 mil acreanos – a redução estimada é de R$ 1,8 bilhão nos dispêndios da CCC. Já no estado do Pará, serão R$ 547 milhões investidos, beneficiando em torno de 386 mil paraenses, com uma redução na CCC de R$ 2,4 bilhões de reais

Mateus Badra

Mateus Badra

Atuou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.