1 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

Luz Para Todos beneficiou mais de 61 mil famílias em 2023

Programa contemplou moradores que não tinham acesso à energia em regiões como Norte e Nordeste

Autor: 26 de dezembro de 2023Brasil
2 minutos de leitura
Luz Para Todos beneficiou mais de 61 mil famílias em 2023

Painéis solares instalados em comunidade isolada. Foto: Amazonas Energia/Reprodução

O Programa Luz para Todos, que visa a universalização do acesso à energia elétrica para brasileiros que vivem em áreas remotas do país, fechou o ano com mais de 61 mil famílias atendidas e investimentos da ordem de R$ 1,25 bilhão, segundo informações do MME (Ministério de Minas e Energia). 

De acordo com o boletim da entidade, divulgado nesta terça-feira (26), a região Norte do país foi a que recebeu a maioria das novas ligações: 45 mil, sobretudo em localidades rurais e da Amazônia Legal. Apenas nesta região, foi investido cerca de R$ 1 bilhão.

Vale lembrar que, em locais isolados, a geração fotovoltaica é uma aliada do programa, uma vez que nessas regiões não existe viabilidade para as instalações com extensão de rede.

No Nordeste, um total de 19 mil unidades consumidoras foram beneficiadas pelo Luz Para Todos. A maior parte das instalações se deu por extensão de rede, sendo a Bahia o estado mais beneficiado, com 7,8 mil unidades consumidoras atendidas. 

No Maranhão, foram mais de 3 mil unidades consumidoras atendidas em áreas rurais e cerca de 980 localizadas na área maranhense correspondente à Amazônia Legal.

A região Centro-Oeste também foi beneficiada com novas ligações, onde o número de unidades consumidoras chegou a quase 1,4 mil, com atendimento em Goiás (1.232) e Mato Grosso (156).

Para 2024, a meta do Programa Luz para Todos é atender 75 mil unidades consumidoras com o serviço público de distribuição de energia elétrica. Os investimentos previstos são da ordem de R$ 2,5 bilhões, segundo o MME. 

Henrique Hein

Henrique Hein

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como repórter do Jornal Correio Popular e da Rádio Trianon. Acompanha o setor elétrico brasileiro pelo Canal Solar desde fevereiro de 2021, possuindo experiência na mediação de lives e na produção de reportagens e conteúdos audiovisuais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.