Luz Para Todos já atendeu quase 10 mil famílias em 2024

Programa coordenado pelo MME prevê atender outras 65 mil famílias ainda neste ano
Luz Para Todos já atendeu quase 10 mil famílias em 2024
Sistema em residência na Comunidade Nova Jerusalém em Breves - Pará. Foto: MME/Flickr

O programa Luz Para Todos, coordenado pelo MME (Ministério de Minas e Energia), atendeu cerca de 9,8 mil famílias em 2024, totalizando mais de 39 mil pessoas.

A maior parte das ligações, por volta de 70%, foi feita na Amazônia Legal. Enquanto isso, os outros 30% foram em áreas rurais.

Kits individuais de energia solar foram instalados nos estados do Amapá e no Pará. Já no Acre, Bahia, Maranhão, Piauí e Rondônia, a conexão foi realizada por meio da extensão da rede até as zonas rurais.

Jaime Cardoso Correia, trabalhador rural da cidade de Breves no Pará foi um dos beneficiados deste ano. “Sempre sonhamos com a chegada da energia. A instalação foi feita cinco meses atrás e nunca deu problema. Só temos o que agradecer”, afirma.

Sobre o programa

O objetivo do programa Luz para Todos é combater a pobreza energética, e democratizar o uso da energia elétrica. 

O programa tem como premissa  ajudar a fornecer o atendimento de energia, por meio de fontes de energia limpa e renovável, para a população que não possui acesso ao sistema público de distribuição de energia elétrica.

Em 2023, mais de 61 mil famílias foram beneficiadas, com investimentos de R$ 1,25 bilhão. A maior parte delas localizadas no Norte do país. Neste ano, o MME projeta atender 75 mil famílias.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Imagem de Frederico Tapia
Frederico Tapia
Estudante de jornalismo pela UNESP do campus de Bauru. Possui experiência em produção de matérias jornalísticas.

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal