Mais de 400 lojas do Grupo Dia serão alimentadas por fontes renováveis

Empresa visa também que 100% dos CDs sejam abastecidos por energia limpa até o 1º semestre de 2023
Fornecimento de energia para as lojas iniciou em outubro e tem validade prevista de até 5 anos. Foto: Divulgação/Dia

A empresa integrada de energia Raízen recentemente formalizou um contrato de geração compartilhada com o Grupo Dia, a fim de fornecer energia renovável para 36 unidades localizadas no estado de São Paulo.

O biogás é a fonte de geração dessa energia, que já conta com outros clientes como Pernambucanas e concessionária Germânica (Volkswagen). O acordo ainda estabelece o gerenciamento de uma planta de biogás.

De acordo com a rede varejista, o acordo irá contribuir com a meta de que 100% dos CDs (Centros de Distribuição) e mais de 400 lojas sejam alimentadas por fontes sustentáveis até o primeiro semestre de 2023.

A parceria, que pode durar cinco anos, prevê a geração e comercialização de 417 MWh/mês para o Dia e uma redução de emissões que pode chegar a 778 toneladas de CO2. Por ano, serão 5.000 MWh de energia limpa.

As usinas que atendem a este acordo estão localizadas no município de Narandiba (SP) e já estão em operação. O fornecimento de energia elétrica para as lojas iniciou no início de outubro deste ano.

“É uma parceria extremamente importante, pois está alinhada com nossa meta em relação à redução de emissão de gases, estabelecida no compromisso global do Projeto Mudanças Climáticas”, enfatizou Márcio Barros, CEO do Dia.

Frederico Saliba, vice-presidente de Energia e Renováveis da Raízen, também comentou sobre a importância do acordo e destacou que a empresa tem um portfólio robusto de soluções em energia renovável.

“A ideia é atender às diferentes necessidades dos clientes na redução das emissões de gases de efeito estufa, na transição energética e no alcance das suas metas de sustentabilidade”, concluiu.

Portfólio renovável

A companhia tem buscado ampliar seu portfólio com o etanol de segunda geração (E2G), o biogás, o biometano e a bioeletricidade de fontes 100% limpas.

O principal objetivo é aumentar o potencial de descarbonização por meio de seus produtos para mais de 10 milhões de toneladas de CO2 evitados por ano.

Imagem de Stella Miranda
Stella Miranda
Produtora do Canal Responde e do Solar em 60. Possui experiência em produção de podcast, elaboração de matérias jornalísticas, entrevistas e produção para rádio. Graduanda em Jornalismo na Pontifícia Universidade Católica de Campinas.
Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal