17 de abril de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 13,1GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 28,5GW

Usina de 83 MWp suprirá Supermercados BH na modalidade de autoprodução

Rede varejista irá abrir mais lojas no estado de MG com a economia obtida pela energia solar

Autor: 1 de dezembro de 2022Projetos
1 minutos de leitura
Usina de 83 MWp suprirá Supermercados BH na modalidade de autoprodução

Usina fotovoltaica de 83 MWp instalada no interior de Minas Gerais. Foto: Reprodução

“Com a economia obtida pela energia solar, será possível abrir mais lojas dentro do estado de Minas Gerais, em linha com o plano de expansão da empresa”.

É o que afirmou Leonardo Lourenço, diretor presidente do Supermercados BH, que possui mais de 260 lojas. O grupo inaugurou, no dia 24 de novembro, uma usina de 83 MWp, localizada em Coromandel (MG).

De acordo com a Solatio, empresa responsável pelo projeto, o sistema fotovoltaico irá suprir integralmente a rede varejista na modalidade de autoprodução de energia, reduzindo os custos com eletricidade e gerando eficiência energética.

A planta possui mais de 180 módulos fotovoltaicos. Foto: Reprodução

A planta possui mais de 180 mil módulos fotovoltaicos. Foto: Reprodução

Ao todo, foram investidos R$ 282,2 milhões para a construção do empreendimento, que possui geração anual de 168,3 GWh e está instalado em uma área de 152 hectares.

A planta, que começou a ser construída em janeiro deste ano, gerou 415 empregos diretos temporários e 40 definitivos. No total, foram utilizados 188.160 painéis fotovoltaicos da LONGi, 19 inversores da Sungrow, 2.240 trackers e 14 SKIDS.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.