20 de setembro de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 3,83GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 6,90GW

Carrinho

Máquina de gelo movida a solar beneficia comunidades da Amazônia

Universidade de São Paulo desenvolveu tecnologia que está sendo usada para conservar alimentos

Autor: 23 de julho de 2021Brasil
Máquina de gelo movida a solar beneficia comunidades da Amazônia

Você já imaginou produzir gelo por meio da energia solar? Um grupo de pesquisadores do IEE (Instituto de Energia e Ambiente), da USP (Universidade de São Paulo), conseguiu esse feito. 

Eles desenvolveram uma tecnologia inovadora que está sendo usada para conservar alimentos em comunidades isoladas da Amazônia. O projeto, denominado Gelo Solar, integra o Programa Qualidade de Vida, do Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá.

A companhia vem testando e aperfeiçoando três máquinas – que pesam 300 kg cada – movidas a energia fotovoltaica. Estima-se que as mesmas, instaladas na Vila Nova do Amanã, município de Maraã (AM), tenham capacidade diária para produzir cerca de 30 kg de gelo. 

Os equipamentos são compostos por 60 painéis e um sistema de captação de água de chuva, utilizado para a fabricação do gelo. O projeto é experimental e teve início em agosto de 2015. 

Ademais, ressaltaram que uma quarta máquina foi instalada na Pousada Flutuante Uacari, também no Amazonas, para monitoramento da equipe.

A máquina é composta por 60 painéis solares fotovoltaicos e um sistema de captação de chuva

Projeto solar beneficia comunidade ribeirinha

Segundo o Instituto Mamirauá, antes da tecnologia chegar à comunidade ribeirinha, as famílias que vivem de pesca e agricultura viajavam até 15 horas de barco para comercializar produtos e adquirir gelo em centros urbanos. 

Por conta da distância, pagavam, inclusive, um custo alto pelo produto vendido nas embarcações que acessam a região. Agora, mais de 60 moradores têm na solar uma forma de refrigerar água e conservar os alimentos. 

Tecnologia está sendo usada para conservar alimentos em comunidades isoladas da Amazônia

O projeto foi premiado pelo Desafio de Impacto Social do Google no Brasil, que financiou a iniciativa. O Programa Qualidade de Vida tem parcerias ainda com a ONG IDEAAS e o GEDAE (Grupo de Estudos em Desenvolvimento de Alternativas Energéticas), da UFPA (Universidade Federal do Pará). Suas ações já beneficiaram diretamente 6,6 mil pessoas e indiretamente quase 26 mil pessoas.

Mateus Badra

Mateus Badra

Trabalhou como produtor, repórter e apresentador na Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro há mais de um ano, atuando nas editorias de Mercado e Tendências, Mobilidade Urbana, P&D e Equipamentos. Jornalista graduado pela PUC-Campinas.

Comentar