21 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

MG bate a marca de cem mil sistemas fotovoltaicos conectados à rede

Dados da ANEEL apontam que são mais de 135 mil consumidores aproveitando essa fonte limpa

Autor: 2 de agosto de 2021agosto 6th, 2021Brasil
1 minutos de leitura
MG bate a marca de cem mil sistemas fotovoltaicos conectados à rede

Minas Gerais alcançou um marco inédito no Brasil no começo desta semana. O estado é o primeiro a atingir cem mil sistemas de geração própria de energia solar conectados à rede. 

O levantamento foi realizado e divulgado nesta segunda-feira (2) pela ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), com base nos dados da ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Os dados da Agência ainda mostram que a classe de consumo comercial lidera, com 16.507 sistemas instalados e conectados à rede.

A classe residencial aparece em segundo lugar, com 69.062 sistemas e a rural em terceiro, com 12.341 unidades gerando energia por meio da fonte solar. Ainda de acordo com o levantamento, são mais de 135 mil consumidores aproveitando dessa fonte limpa, sustentável e econômica.

Ademais, o estado mineiro lidera o ranking estadual de GD (geração distribuída) fotovoltaica com 1,5 GW de potência – o que representa quase 20% da capacidade total instalada do país. Na segunda colocação, está São Paulo, com 0,78 GW de potência, e em terceiro lugar o Rio Grande do Sul, com 0,77 GW de capacidade instalada.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.