20 de setembro de 2021
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 3,83GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 6,90GW

Carrinho

Primeira fase do Projeto Futura 1 terá painéis Vertex

A remessa inicial de módulos sairá da China em 108 contêineres e conta com 59.292 módulos bifaciais de 600 W

Autor: 2 de agosto de 2021Brasil
Primeira fase do Projeto Futura 1 terá painéis Vertex

A Trina Solar vai fornecer seus painéis Vertex para o Projeto Futura 1, empreendimento com 22 parques de energia solar que está sendo desenvolvido pela Focus Energia, em Juazeiro (BA). 

O projeto será implementado em três fases. A primeira fase terá capacidade instalada de 850 MWp, colocando o empreendimento entre os maiores do Brasil no momento. 

Segundo a Trina, a remessa inicial de módulos sairá da China em 108 contêineres na segunda semana de agosto e conta com 59.292 painéis bifaciais de 600 W, com células de 210 mm.

“A Trina Solar possui a tecnologia mais avançada e os módulos mais potentes e com ótimo desempenho. Isso ajudou a Focus a nos escolher”, afirmou Álvaro García Maltrás, vice-presidente para América Latina e Caribe da Trina Solar. 

De acordo com a Focus Energia, a produção de energia do empreendimento será integralmente destinada ao mercado livre. A estratégia segue a tendência mais recente em que empreendedores de projetos de geração renovável preferem negociar diretamente com clientes, em vez de disputar os leilões promovidos pela ANEEL, para atendimento exclusivo do mercado cativo. 

De acordo com Alan Zelazo, CEO da Focus, a estimativa é de que sejam gerados 2 mil empregos diretos e 4 mil indiretos durante a implementação do sistema.

O executivo ainda destaca que o Futura 1 vem em momento oportuno para o Brasil. “Apesar de ser um projeto pensado a longo prazo, estamos satisfeitos em colaborar com o país para aumentar sua capacidade de produção em um período extremamente crítico de crise hídrica”. 

O empreendimento também contará com soluções da fabricante Sungrow, que fornecerá os inversores e as estações de transformação para a implantação da primeira fase do projeto Futura. Segundo a Sungrow, serão fornecidas mais de 100 estações de transformação, mais de 3 mil inversores, além do serviço de comissionamento e startup.

A obra já está em andamento e tem 550 pessoas trabalhando no local. As operações estão previstas para começarem em abril de 2022. 

Trina no Brasil

Presente no Brasil desde 2017, Trina Solar vê muito potencial no país. “O Brasil é o principal mercado da América Latina em energia solar. É um mercado super dinâmico em forte crescimento e prioritário para a Trina Solar. Entramos um pouco mais tarde que os concorrentes, mas agora estamos nos solidificando no país”, afirma Álvaro.  

A Trina Solar possui centenas de megawatts já instalados na região da América Latina e Caribe e está avançando com novos acordos com outros clientes importantes no mercado brasileiro. Além disso, segundo Álvaro, a empresa possui contratos firmados de quase 2 GW adicionais para os módulos bifaciais nos próximos meses.  

Curso usinas solares
Mariana Zilli

Mariana Zilli

Atuou no Projor (Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo) na mediação e no mapeamento de veículos de imprensa em funcionamento. Possui experiência como assessora de imprensa e produtora de conteúdo para redes sociais.

Comentar