25 de fevereiro de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,8GW

ONS divulga resultados do planejamento para o setor elétrico até 2028

Estudo publicado pelo Operador prevê R$ 49 bilhões investidos nos próximos anos

Autor: 28 de dezembro de 2023Setor Elétrico
2 minutos de leitura
ONS divulga resultados do planejamento para o setor elétrico até 2028

Imagem: Freepik

O ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) apresentou neste mês os resultados iniciais do Plano da Operação Elétrica de Médio Prazo do SIN (Sistema Interligado Nacional) – PAR/PEL 2023. O estudo engloba o período entre 2024 e 2028.

Para o ciclo, estão estimados R$ 49 bilhões em investimentos. Deste valor, R$ 4,9 bilhões serão destinados para novas obras, enquanto o restante será atribuído a construções de ciclos anteriores.

No total, cinco estados concentram por volta de 70% do investimento previsto: Maranhão (R$ 9,9 bilhões), Goiás (R$ 8,5 bilhões), Minas Gerais (R$ 7,3 bilhões), Piauí (R$ 4,7 bilhões) e Bahia (R$ 4,6 bilhões).

Fontes renováveis

O Operador analisou ainda a importância da transmissão e os desafios das fontes renováveis variáveis. “O aumento da participação causa maior complexibilidade no gerenciamento entre oferta e demanda de energia”, relataram.

A previsão é que em 2027 as usinas eólicas e fotovoltaicas centralizadas cheguem a 54 GW. No momento a marca é de 38 GW. No entanto, esses dados não englobam uma expansão da Micro e Minigeração Distribuída, que pode chegar a 40 GW até 2027.

De acordo com o ONS, nesta configuração será necessário flexibilidade para possibilitar controle de balanço de carga e geração para otimizar o sistema de transmissão. “A flexibilidade ajuda na resposta a variações, ao mesmo tempo que mantém o menor custo possível”. 

Outras análises

Outro ponto analisado é que esta ampliação vai permitir o escoamento do excesso de energia produzido no Norte/Nordeste de forma plena ao Sul/Sudeste para atendimento de energia a partir de 2029/2030. 

O PAR/PEL busca avaliar o desempenho dos próximos cinco anos do SIN. O mesmo visa que a realização da operação futura dentro dos requisitos de segurança. Os resultados do estudo ficarão disponíveis no site do ONS.


Todo o conteúdo do Canal Solar é resguardado pela lei de direitos autorais, e fica expressamente proibida a reprodução parcial ou total deste site em qualquer meio. Caso tenha interesse em colaborar ou reutilizar parte do nosso material, solicitamos que entre em contato através do e-mail: [email protected].

Frederico Tapia

Frederico Tapia

Estudante de jornalismo pela UNESP do campus de Bauru. Possui experiência em produção de matérias jornalísticas.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.