4 de março de 2024
solar
No Brasil Hoje

Potencia GC SolarGC 12,2GW

No Brasil Hoje

Potencia GD SolarGD 26,9GW

PE poderá ter economia de 20% na conta de luz com PPP de energia FV

Enerfín do Brasil vence leilão e investirá R$ 380 milhões no estado. Usina irá gerar cerca de 300 empregos

Autor: 27 de novembro de 2022dezembro 2nd, 2022Parcerias
2 minutos de leitura
PE poderá ter economia de 20% na conta de luz com PPP de energia FV

Parceria firmada entre o Governo de PE e a Enerfín do Brasil. Foto: Hélia Scheppa/SEI

O governo de Pernambuco assinou, na semana passada, um contrato para PPP (Parceria Público-Privada) de geração de energia solar com a Enerfín do Brasil, filial brasileira do grupo espanhol Elecnor.

A empresa foi a vencedora do leilão do projeto de PPP e investirá aproximadamente R$ 380 milhões em Pernambuco para a implantação de uma usina, que poderá proporcionar ao estado uma economia de 20% no custo de energia ao longo dos 28 anos. A expectativa é que sejam gerados cerca de 300 empregos.

“A PPP de energia renovável é um projeto inovador do estado de Pernambuco, primeiro no Brasil desse tipo e que permite economizar na conta de energia e fomentar a produção de energia renovável”, afirmou o governador Paulo Câmara.

“A parceria vai envolver o investimento de quase R$ 400 milhões. A previsão da concessionária é de iniciar as obras já no primeiro semestre do próximo ano e suas operações em 2024”, Marcelo Bruto, secretário executivo de Parcerias e Estratégias.

Mais sobre a usina

O sistema fotovoltaico será instalado no município de Salgueiro, Sertão Central, e deve ficar pronto em até 36 meses após assinatura do contrato, que segue modelo de concessão administrativa e será de 28 anos.

A Enerfín deverá construir, operar e manter a usina solar, além de gerir unidades consumidoras do estado no ACL (Ambiente de Contratação Livre).

Até o sétimo mês de assinatura do contrato, as unidades consumidoras serão migradas para o ACL e receberão energia da concessionária, gerando economia já no primeiro ano de concessão.

Órgão beneficiados

Será gerada energia destinada a 52 unidades consumidoras do Grupo A (alta tensão) da administração pública. Entre os órgãos que serão beneficiados, estão sedes das secretarias estaduais e unidades da administração indireta, como Detran, Hemope e Agência de Tecnologia da Informação.

Mateus Badra

Mateus Badra

Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020. Atualmente, é Analista de Comunicação Sênior do Canal Solar e possui experiência na cobertura de eventos internacionais.

Comentar

*Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Canal Solar.
É proibida a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes e direitos de terceiros.
O Canal Solar reserva-se o direito de vetar comentários preconceituosos, ofensivos, inadequados ou incompatíveis com os assuntos abordados nesta matéria.