Pesquisadores japoneses demonstram novo conceito para células solares

A célula HERC é equipada com uma camada absorvente de silício com 100 mícrons de espessura
2 minuto(s) de leitura

A corrida para aumentar eficiência das células solares continua a todo vapor. Pesquisadores japoneses demonstraram um novo conceito para uma célula solar de recuperação de calor. O projeto baseia-se em silício cristalino, em vez de materiais semicondutores caros de forte absorção direta.

O estudo, realizado por cientistas do AIST (InstitutoNacional de Ciência e Tecnologia Industrial Avançada do Japão) e da Universidade de Tóquio, diz que há espaço para melhorar a eficiência de conversão das células solares de silício, além da eficiência teórica máxima de cerca de 34%.

Para Kenji Kamide, um dos autores da pesquisa, a célula tem uma dependência positiva de temperatura, diferentemente das células solares convencionais, o que significa que a eficiência aumenta com a temperatura do absorvedor.

“Uma tecnologia chave e mais desafiadora necessária para sua realização é encontrar um material adequado para as camadas de filtragem de energia, livre de quaisquer outros problemas que possam surgir com a instalação em uma estrutura de HERC”, afirma Kamide.

HERC é a sigla para heat-recovery solar cell, célula solar com recuperação de calor – em tradução direta.

Composição

A célula HERC é equipada com uma camada absorvente de silício com 100 mícrons de espessura, dois eletrodos e camadas de filtragem de energia transportadora, colocadas entre o absorvedor e os eletrodos.

De acordo com Kenji Kamide, é muito cedo para fornecer uma estimativa de custo, uma vez que os materiais candidatos ainda não foram perfeitamente definidos.

Imagem de Mateus Badra
Mateus Badra
Jornalista graduado pela PUC-Campinas. Atuou como produtor, repórter e apresentador na TV Bandeirantes e no Metro Jornal. Acompanha o setor elétrico brasileiro desde 2020.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Relacionadas

Receba as últimas notícias

Assine nosso boletim informativo semanal